Certificação ISO
Traduzimos palavras em negócios
A tradução de dados técnicos e os textos-fonte
por Terralíngua      Publicado em  junho 5, 2013
00

A tradução de dados técnicos e os textos-fonteMuitas empresas contratam serviços profissionais para traduzir e/ou localizar seus websites, documentos técnicos e materiais de marketing sem antes verificar a competência desses serviços. Essa desatenção pode levar a traduções incompreensíveis ou pouco profissionais, que, por sua vez, acabam afetando a imagem da marca da empresa. No caso de documentos técnicos, os erros podem gerar para a empresa problemas relacionados à responsabilidade legal. Assim, obter uma tradução correta logo de primeira é fundamental.

Geralmente as empresas não estão cientes das traduções de baixa qualidade até que um falante nativo as informe disso. Nesses casos, resta somente uma opção para as empresas: jogar fora o documento e refazer o trabalho de tradução, o que acaba ocasionando um custo adicional, já que deixar a tradução como está deve ficar fora de cogitação.

Qualquer tipo de tradução técnica, seja ela de certificados, documentos industriais, sites etc., deve ser executada de forma precisa e por profissionais. O importante nesse ponto é designar tradutores para trabalhar na tradução que tenham, de preferência, formação acadêmica avançada no idioma de partida ou em tradução. Além disso, esses profissionais devem ter experiência sólida no setor, já que deixar a tradução de licenças e documentos de patentes em mãos inexperientes pode ter consequências prejudiciais.

Outra consideração importante é buscar profissionais que sejam especialistas em suas áreas. Tradutores profissionais da área médica, por exemplo, devem tipicamente ter formação avançada no idioma de partida e também formação médica ou vasto conhecimento sobre a área, adquirido em anos de trabalho na área médica. A especialização no campo técnico envolve compreender e conhecer a terminologia específica do setor em particular e garantir que a tradução transmita o significado pretendido pelo autor.

Criando documentos de partida mais aprimorados

Diversos departamentos de documentação técnica procuram cortar os custos com os documentos-fonte, a fim de reduzir os custos totais. Nessas tentativas, porém, a qualidade da tradução não deve ser comprometida e, para isso, as empresas precisam lidar com documentos-fonte com maior consideração.

Na última década, tem ocorrido uma grande otimização de custos na indústria da tradução. Esse processo tem envolvido tradutores treinados, softwares sofisticados, vias de comunicação rápidas e um gerenciamento de processos melhor planejado, reduzindo os custos. O que deixamos escapar nesse ponto é o potencial para otimizar ainda mais os custos por meio de maior atenção à preparação dos textos-fonte, pois eles são os documentos-chave que ajudam a otimizar os custos e a qualidade das traduções.

Os documentos-fonte, quando desenvolvidos pensando-se na adequação de suas traduções, fornecem uma boa agregação de valor e redução de custos. Ao otimizarem-se os documentos-fonte, os custos da tradução de documentos finais também são otimizados. Além disso, esse aprimoramento diminui o tempo de processamento e poupa grande parte do trabalho preliminar e de pós-processamento aos tradutores e redatores técnicos.

Documentos-fonte consistentes, sejam documentos técnicos, ou textos de marketing ou de imprensa, podem ajudar também a consolidar a imagem da marca de uma organização, pois fornecem ampla visibilidade, tornando a imagem pública da empresa marcante. Isso é válido para todos os casos e é também o motivo pelo qual, em uma situação ideal, todos os tipos de texto deveriam ser escritos em um idioma padrão.

O principal benefício de textos-fonte aprimorados, contudo, consiste no fato de que um conteúdo melhor e mais compreensível diminui os mal-entendidos. Assim, há a vantagem nítida para o contexto dos dias de hoje, em que os produtos têm uma abrangência mais ampla, com muitos recursos semelhantes. Esses aspectos pesam a favor de produtos mais compreensíveis e, consequentemente, de utilização facilitada ao consumidor. Apresentamos, a seguir, algumas dicas para que se produzam documentos-fonte mais bem-acabados:

– Identifique as fontes de erro;
– Introduza e implemente processos de revisão;
– Documente processos e normas;
– Forneça o suporte de ferramentas.

Conteúdos técnicos podem ser complicados de se traduzir para idiomas estrangeiros, visto que os tradutores precisam ser fluentes nas diversas nuances do texto de partida e do texto de chegada, bem como também ser peritos na área técnica do documento.

Tópicos do Blog