Certificação ISO
Traduzimos palavras em negócios
As melhores práticas para localização de software
por Terralíngua      Publicado em  agosto 8, 2013
00

As melhores práticas para localização de softwareA localização de software, trabalho em que seu software é personalizado para adequação a um idioma ou a uma região específicos, é uma ótima forma de expandir seus negócios. Porém, se você não estiver preparado, ela pode causar inconvenientes, como texto incompreensível, codificação errada e panes. Todas essas frustrações podem ser evitadas se você estiver bem preparado para a localização.

Planeje com antecedência

Mais frequente do que nunca, a razão para as falhas nas aplicações de software nas tentativas de localização é a aplicação não ter sido concebida com a localização em mente. Como resultado, não existiam configurações criadas para a alteração de idioma ou outras modificações exigidas para a localização. Planejar com antecedência pode evitar isso.

Desenvolva seu software com configurações para localização, como suporte a caracteres para idiomas diferentes, de forma que a gramática desses idiomas também possa ser incorporada. Juntamente com o conteúdo de localização, você também deve focar em testes de localização para que a localização de software seja mais efetiva. Crie um plano detalhado de testes em inglês e use o mesmo plano também nos testes localizados.

Lembre-se de que a aparência de seu software deve ser parecida com a de um software criado localmente para usuários nativos. Eles devem conseguir usá-lo sem a sensação de ele ter sido criado por alguém que não esteja familiarizado com sua cultura. O planejamento antecipado garantirá que seu software tenha essa aparência local.

Possibilite configurações para expansão de texto

Os idiomas, com exceção do inglês, têm um conjunto de caracteres mais amplo, dessa forma, usar apenas os padrões do inglês não será suficiente se você quiser que o software seja realmente localizado. Usar os padrões UTF-8 é sempre a melhor prática para a localização de software. Esse padrão previne contra conversão extra e ininteligibilidade do texto. Manter configurações para a expansão dinâmica da interface do usuário também é uma boa prática.

Nunca use cadeias de caracteres codificados, especialmente para formatos de data e hora. Isso porque países diferentes usam formatos diferentes de data e hora. O mesmo acontece com a moeda. As convenções de nomenclatura também podem variar de país para país. Alguns escrevem o nome antes do sobrenome e outros fazem o oposto. Outras culturas têm apenas um nome para uma pessoa.

A gramática varia de idioma para idioma. “Red pencil” em inglês é traduzido para o francês como “crayon rouge”. Portanto, se você estiver pensando em concatenar as cadeias de caracteres, isso não funcionará para a localização de software. Tenha isso em mente, nenhuma cadeia de caracteres deve ser usada de forma exagerada.

Outras considerações

A interface gráfica do usuário e outros aspectos do software serão traduzidos por tradutores profissionais, e não por engenheiros. Portanto, se você deixar claro o contexto e os significados das partes traduzíveis para eles por meio de comentários, eles poderão traduzir mais facilmente. Além disso, eles serão consistentes com o contexto do começo ao fim da tradução.

Certifique-se de que a empresa de tradução escolhida seja experiente e especializada, de modo que ela possa ajudar com a tradução de seu software, bem como na documentação, ao mesmo tempo em que mantém consistência entre os dois.

Lembre-se sempre de que a alteração do idioma não localiza por completo o software, a menos que você use a localidade completa para esta região. Por exemplo, se está subtendido que o software deve ser em inglês, ele pode ser usado no inglês dos Estados Unidos ou no inglês do Reino Unido, mas a ortografia e as convenções de nomenclatura seriam alteradas para a localização do software, embora o idioma permanecesse o mesmo (color vs. colour ou elevator vs. lift). O suporte à internacionalização também é importante em seu software, pois permite que os formatos nativos para moeda, data e hora para regiões individuais sejam exibidos de forma familiar para usuários de regiões específicas.

Como é evidente neste artigo, a localização de software nunca é completa, a menos que esteja alinhada aos costumes locais, às convenções e à cultura da região para a qual a localização é realizada. Ao planejar e desenvolver seu software, mantenha configurações não apenas para suporte ao idioma, mas também para outras convenções locais específicas para a região a fim de evitar preocupações de última hora.

Tópicos do Blog