Certificação ISO
Traduzimos palavras em negócios
Como criar instruções claras para todos
por Terralíngua      Publicado em  fevereiro 24, 2015
00

Idioma técnico simplificado

Como criar instruções claras para todos

Muitas vezes, ao criarem conteúdo, as pessoas não pensam além do idioma de origem. É preciso pensar: embora as instruções que você cria sejam claras para você, elas serão claras para um leitor de outro país ou de outra cultura? Qualquer idioma precisa de contexto para tornar o significado claro. E isso se mostra ainda mais importante em textos técnicos e instrutivos, em que um pequeno erro pode levar a um processo judicial dispendioso ou a uma lesão irreversível.

Para textos em inglês, por exemplo, o uso do inglês técnico simplificado (STE, Simplified Technical English) é uma solução para o problema de erros de contexto. Esse método vem sendo utilizado há quase 30 anos no setor da aviação e trata-se de um idioma padronizado capaz de garantir que toda a documentação técnica na área da aviação seja entendida em um nível global pelo uso de uma escrita com base em regras.

Use palavras e expressões de fácil compreensão

Simplifique seu texto o máximo possível ao escrever sobre um determinado tema. Isso faz com que até mesmo usuários não avançados de um idioma possam entendê-lo.

Imagine que você está lendo um parágrafo de um manual técnico que diz: “Esta máquina emprega líquidos inflamáveis; não é recomendável encher o receptáculo enquanto o motor estiver em funcionamento”.
Você pode até entender a instrução se não for falante nativo do português, mas a frase ficaria mais clara e segura se fosse escrita da seguinte maneira: “Esta máquina utiliza gasolina; desligue o motor antes de encher o tanque”. Embora esse texto não tenha um tom tão sofisticado quanto o primeiro, a probabilidade de ser entendido corretamente é maior.

Escrever de modo claro envolve implementar um sistema terminológico com um conjunto de regras de escrita combinadas a um dicionário de vocabulário controlado ou permitido. Cada frase deve ter apenas um significado, assim como cada palavra nessa frase, ou seja, o criador de conteúdo não deve usar a mesma palavra ora como verbo, ora como substantivo. E regras como “limitar a estrutura da frase a 25 palavras” tornam o texto mais fácil de ser lido.

Terminologia

Cada empresa tem sua própria terminologia ou vocabulário tanto em sua língua-mãe quanto no idioma usado por seus representantes de campo e contatos locais. É necessário compilar um glossário com essas palavras e expressões preferenciais antes do uso de um sistema padronizado.

Isso requer um processo centralizado de compilação e revisão e deve envolver uma equipe seleta, composta pelos criadores do conteúdo e pelos usuários finais. Isso garante que a terminologia passe por um exame minucioso, seja de amplo alcance e tenha controle de qualidade.

Ferramentas de tradução e terminologia

Ao criar conteúdo em outros idiomas, ferramentas como programas de memória de tradução são necessárias para o gerenciamento da consistência. Elas permitem que todos os fornecedores de conteúdo utilizem um vocabulário controlado, adaptando seu texto de acordo com ele e garantindo que textos repetidos fiquem consistentes em trabalhos atuais e futuros.

Os programas de memória de tradução também possuem recursos para localizar e alinhar palavras e expressões de documentos anteriores, o que ajuda a lidar com o desafio de compilar um glossário multilíngue.

Resumindo, é desejável produzir textos claros em qualquer idioma a fim de garantir seu entendimento e evitar erros dispendiosos. Para alcançar um conteúdo eficiente e consistente, é preciso empregar diretrizes centralizadas de escrita combinadas a um glossário aprovado.

A Terralíngua é uma agência especializada em tradução e localização que trabalha com algumas das marcas mais importantes do mundo. A Terralíngua pode oferecer à sua empresa uma percepção profunda da comunicação clara e eficaz. Acesse nosso site para obter mais informações.

Tópicos do Blog