Certificação ISO
Traduzimos palavras em negócios
Conteúdo fácil de entender
por Terralíngua      Publicado em  maio 27, 2016
00

Conteúdo fácil de entenderDurante o desenvolvimento de um material, o criador de conteúdo concentra-se principalmente no público-alvo, ou seja, nas pessoas que vão ler e utilizar o material. Ele precisa levar em conta a familiaridade que esse público-alvo tem com o assunto e a linguagem própria do setor.

Entretanto, muitas vezes não passa pela cabeça dos criadores de conteúdo que outro público pode precisar entender sua mensagem. É possível que suas palavras, escolhidas com tanta precisão para uma finalidade específica, precisem ser traduzidas para outro idioma. Ainda que a intenção do criador de conteúdo esteja clara para ele próprio, essa suposta clareza pode se perder após a tradução. As referências culturais que tornam um conteúdo adequado para determinado público podem acabar ficando confusas para outro. E se um texto for vago a ponto de poder ser interpretado de diferentes maneiras, isso certamente acontecerá.

O que o criador de conteúdo deve fazer então? Como em muitas ocasiões na vida, a resposta é manter a simplicidade.

Confira abaixo algumas ideias simples para melhorar a compreensão e a eficiência do texto em qualquer idioma.

1) Evite o uso de expressões idiomáticas. Você provavelmente as usa diariamente e nem percebe. Por exemplo, você já usou alguma destas expressões?

  1. – Estar na dianteira (estar mais avançado do que a concorrência em termos de inovação ou vantagem competitiva).
  2. – Voltar à estaca zero (voltar ao início, recomeçar).
  3. – Vestir a camisa (dedicar-se para atingir um objetivo comum).
  4. – Apostar todas as fichas (investir tempo, energia e dinheiro em um só plano).

Viu só? Apesar de as expressões idiomáticas serem uma boa estratégia em textos informais, pode ser bem difícil traduzi-las. Ao evitá-las, você previne mal-entendidos.

2) Seja o mais preciso possível. Evite exageros, assim como omissões baseadas em suposições.

3) Ser conciso é essencial. Leia cada frase e verifique se é possível omitir algumas palavras sem prejudicar o sentido. Será que uma determinada ideia poderia ser reestruturada de maneira mais concisa? Além de melhorar o conteúdo, isso também pode reduzir os custos da tradução, já que os valores são calculados por palavra.

4) Tente identificar se há referências ou significados imprecisos em seu texto. A melhor maneira de evitar a ambiguidade é pedir que uma pessoa de outro setor revise o texto e, depois, verificar o que ela entendeu.

5) Crie um guia de estilo e regras para garantir práticas consistentes de escrita. Ao definir diretrizes, certifique-se de que elas se aplicam à versão de qualquer idioma.

6) Elabore um glossário com termos técnicos e específicos. Até mesmo palavras comuns podem ter traduções preferenciais de acordo com cada cliente. Caso você não saiba como traduzir esses termos para elaborar um glossário bilíngue ou multilíngue, uma agência de tradução profissional pode ajudar.

Com essas dicas em mente, já deixe uma caneta vermelha separada para revisar uma amostra do seu conteúdo atual, que pode ser retirada tanto de algum material de marketing quanto de um manual do usuário. Observe o texto com novos olhos para ver se é possível simplificá-lo. A clareza e a compreensão obtidas com esse processo permitem uma comunicação eficiente em qualquer idioma.

Valendo-se de mais de uma década de experiência no setor, a Terralíngua fornece serviços de tradução profissional e editoração eletrônica multilíngue às principais marcas do mundo. Acesse nosso site para saber mais sobre a nossa empresa com certificação ISO e envie seu material para realizarmos um orçamento sem compromisso.

Tópicos do Blog