Certificação ISO
Traduzimos palavras em negócios
O que a cultura tem a ver com as traduções
por Terralíngua      Publicado em  novembro 14, 2013
00

O que a cultura tem a ver com as traduçõesO conceito de tradução não existe no vácuo. É uma noção que existe invariavelmente em um meio cultural, especialmente relevante para empresas de olho em novos mercados com culturas diferentes. Por exemplo, se você desejar traduzir do inglês para o espanhol, as palavras e expressões traduzidas devem ser culturalmente compatíveis, pois a tradução literal pode parecer ridícula ou não fazer sentido nenhum.

Necessidade de tradução para idiomas locais

Empresas multinacionais de grande porte que querem alcançar diversas culturas têm necessidades indispensáveis de tradução. Embora o inglês seja um idioma quase universal, as empresas traduzem seu material promocional para vários idiomas porque precisam se difundir em diferentes culturas e estabelecer um conexão com seus vários clientes.

Assim sendo, quase todas as empresas querem que seus folhetos e manuais sejam traduzidos do inglês para o espanhol, chinês, árabe, francês, alemão, russo, hindi e diversos outros idiomas. Os serviços de tradução ajudam nas estratégias promocionais de uma empresa.

As empresas mais bem-sucedidas são aquelas que não apenas podem alcançar o mercado internacional, mas também causar impacto. O idioma é um grande obstáculo para se estabelecer a estratégia promocional certa. No entanto, o mesmo idioma pode se tornar um ativo para a empresa com o serviço de tradução certo, que permite aos clientes uma compreensão mais essencial dos produtos através de sua língua materna.

Evitando erros de tradução

Erros de tradução podem ser engraçados, mas tem o potencial de resultar em grandes perdas para a empresa representada pela tradução. Sua imagem pode sofrer danos dos quais será difícil se recuperar a curto prazo. Erros de tradução dizem a coisa errada. Eles indicam que você não somente realizou a tradução de qualquer jeito, mas também que está apenas atrás de dinheiro. A tradução do inglês para o espanhol ou para qualquer outro idioma deve refletir fielmente os modos da cultura de destino para se comunicar de forma significativa.

O tradutor deve ter em mente também que a tradução literal, palavra por palavra, pode mudar o significado de uma mensagem. Em casos que envolvam traduções técnicas, muitas vezes, um dicionário pode não ser de muita ajuda. Os tradutores devem estar conscientes das variações regionais em diferentes dialetos. Por exemplo, a tradução da palavra “bus” em inglês para o espanhol é “autobus”, mas se torna “guagua” no espanhol usado em Porto Rico.

A tradução literal muitas vezes distorce o significado em proporções absurdas. Por exemplo, o menu em um restaurante suíço traduzido para inglês dizia “Nossos vinhos não deixam esperança alguma”. Certamente, tudo o que ele queria dizer era que os vinhos do restaurante são tão bons que nada se compara à experiência de bebê-los.

Lidando com a incompatibilidade cultural

A incompatibilidade cultural é uma questão frequentemente enfrentada em traduções, não apenas em traduções do inglês para o espanhol, mas em quase todas as traduções. Marcas e produtos muitas vezes chegam a um novo país sem uma compreensão clara da cultura da região. A tradução de gírias é muitas vezes a questão mais problemática. Portanto, deve-se dar preferência a tradutores naturais da cultura à qual os produtos serão apresentados. Além disso, o trabalho que realizam deve passar por diversos filtros antes da adoção final.

Alcançando seu público alvo da forma certa

Quando precisa alcançar seu público internacional, você deve ultrapassar os obstáculos do idioma e da cultura de forma eficiente. É óbvio que a tradução tem um papel muito importante nesta tarefa. A tradução não deve parecer uma tradução, mas uma comunicação direta. Por exemplo, a sua tradução de inglês para espanhol não deve parecer uma tradução para o público local. Ele deve percebê-la como uma comunicação direta da empresa local.

Um pequeno erro pode ser imensamente embaraçoso e a conexão com o público alvo perdida no ato. Por exemplo, “Tegro”, um produto voltado à perda de peso, estava prestes a ser apresentado ao mercado francês quando descobriu-se que parecia com “tes’gros”, que significa “você é gordo”!

Tópicos do Blog