Arquivo da tag: empresa de tradução

A tradução e os sistemas de gerenciamento de conteúdo

A tradução e os sistemas de gerenciamento de conteúdo

A tradução e os sistemas de gerenciamento de conteúdoVocê já deve ter ouvido falar no termo CMS (sistema de gerenciamento de conteúdo) caso sua empresa esteja disponibilizando conteúdo de maneira mais ampla e com o intuito de atingir um público global. Embora o conceito de CMS não seja novo, tendo surgido nos anos 1990, ele vem ganhando popularidade devido à grande eficiência que oferece.

Esses sistemas são usados no processo de criação e gerenciamento de conteúdo, utilizando-se da organização das informações para obter mais facilidade de acesso e controle. Eles possibilitam que os usuários participem do processo de praticamente qualquer lugar do mundo, basta que consigam se conectar ao seu sistema por meio de um computador (e tenham autorização para isso).

Os usuários não precisam ter conhecimento de codificação nem precisam entender muito de tecnologia, pois o CMS cuida da tecnologia subjacente e permite que eles se concentrem no conteúdo de fato.

A maioria dos sistemas CMS apresenta recursos de edição, formatação, indexação e controle de revisão. A edição pode ser concluída rapidamente, pois o CMS permite pesquisar e indexar documentos, além de especificar palavras-chave para otimizar os mecanismos de busca.

Se você está planejando globalizar seus sites e localizar seu conteúdo, é importante cogitar o uso de um CMS com suporte para conteúdos multilíngues que ofereça recursos para tarefas de tradução.

O Unicode é normalmente usado em sistemas CMS multilíngues para permitir a compatibilidade com a codificação e a representação de caracteres usados na maioria ou em todos os idiomas em que você negocia, inclusive aqueles com leitura da direita para a esquerda e que não usam o alfabeto romano. Você também pode alternar com facilidade entre diferentes moedas, formatos de hora e de números.

Outro fator importante a ser considerado ao globalizar o conteúdo do sistema de sua empresa é garantir que o CMS tenha uma ferramenta de memória de tradução integrada ou vinculada. Durante a localização de sites ou documentos, essa ferramenta é usada por tradutores profissionais para identificar frases que já tenham sido traduzidas em parte ou na sua totalidade. Isso facilita atualizações e revisões.
Para ajudar na sua decisão, confira detalhes sobre algumas ferramentas de CMS conhecidas.

Joomla!

Joomla! é um aplicativo em código aberto que pode ser usado por todos: de pequenas empresas a grandes corporações.

O Joomla! é ideal para empresas com muitos grupos de usuários que precisam ter acesso de edição a documentos, sem que se perca o controle sobre eles. O aplicativo oferece 66 idiomas, o que significa que você tem uma grande variedade de opções para a localização de sua página on-line. Além disso, atualizar o Joomla! é simples, pois ele oferece um recurso de atualização ativado por apenas um clique.

É possível organizar pastas e arquivos para o seu conteúdo usando a ferramenta Media Manager, que, por ser integrada ao Article Editor, também permite o acesso direto a imagens e quaisquer outros arquivos.

Você não precisa ter conhecimento de codificação para adicionar conteúdo ao site. Para adicionar imagens e fotos, basta arrastá-las e soltá-las. Além disso, você pode escolher um layout entre várias opções. O conteúdo pode ser facilmente encontrado, e as alterações podem ser monitoradas com o uso do controle de versão.

Drupal

O Drupal é outro aplicativo em código aberto para empresas. Ele tem uma interface fácil de usar, o que é bastante prático para os usuários que não têm muito conhecimento sobre HTML. Além disso, apresenta um módulo de tradução baseado na web, o que significa que as traduções são gerenciadas a partir de um local central e que os tradutores não precisam ter conhecimento algum sobre o Drupal.

As traduções concluídas podem ser visualizadas junto a novas informações e conteúdos que exigirem atualização. O conteúdo traduzido usando qualquer ferramenta de tradução pode ser carregado no Drupal.

Ele é ideal quando há grandes quantidades de conteúdo de site e em diferentes idiomas.

DITA

DITA não é exatamente um CMS, é uma ferramenta de criação usada por empresas globais que têm muito conteúdo em diferentes idiomas. Essa ferramenta facilita o controle da redação de brochuras e das atualizações de manuais de instrução.

O conteúdo é redigido em segmentos, de modo que o texto possa ser desenvolvido em etapas até que o trabalho seja concluído. Assim, cada parte pode ser acessada e utilizada novamente sem a necessidade de revisão e substituição da totalidade do conteúdo. Os criadores de conteúdo também têm a vantagem de poder usar o sistema no Microsoft Word, ou seja, sem a necessidade de saber usar XML.

As revisões do conteúdo em DITA também tornam o processo de tradução mais eficiente. Por exemplo, ao atualizar um manual de instruções, você só precisa alterar a tradução do segmento revisado. É uma economia de tempo e dinheiro.

O fator mais importante a ser considerado ao implementar um CMS é garantir que esse sistema seja o melhor para as necessidades atuais e futuras da sua empresa. Ainda que você não esteja traduzindo conteúdo algum no momento, é possível que você conquiste novos mercados que exijam materiais em outros idiomas. Caso tenha dúvidas referentes a sistemas CMS e a traduções, entre em contato com seu parceiro de localização; ele fornecerá auxílio e suporte às suas iniciativas.

______________________________

A Terralíngua é uma empresa de tradução profissional com certificação ISO, especializada em localização e editoração eletrônica. Trabalhamos com muitos dos líderes mundiais do setor. Se desejar falar conosco sobre a comunicação global de sua empresa, acesse nosso site para obter mais informações.

Exportar para a China – Desafiador, mas não impossível

Exportar para a China – Desafiador, mas não impossível

Exportar para a China – Desafiador, mas não impossívelMesmo que a China tenha sofrido uma leve retração econômica no final de 2014, muitas pequenas empresas ainda podem se beneficiar ao fazer negócios com o país. Os consumidores chineses adoram produtos ocidentais de alto padrão. Um artigo do Chicago Tribune apontou que mais de 1,5 milhão de consumidores chineses visitaram os EUA e o Reino Unido em 2012. Esses consumidores gastam mais de 300 milhões de dólares por ano em mercadorias de luxo. Muitos lojistas estadunidenses recebem clientes chineses todos os anos, de modo que a joalheria Tiffany & Company, por exemplo, tem funcionários falantes de mandarim em sua loja na Quinta Avenida.

Atender a consumidores chineses domesticamente é um pouco diferente de fazer comércio internacional, o que pode ser desafiador. Por isso, é importante que a empresa faça sua pesquisa com cuidado antes de tentar abrir as portas na China.

Muitas pequenas empresas sentem-se desencorajadas pela falta de informações sobre exportação e também por preocupações sobre moeda e pagamentos. No entanto, existem muitos recursos disponíveis para ajudar os pequenos negócios estadunidenses na China.

Encontre informações

O US Commercial Service tem uma seção dedicada à China em seu site. Ela traz informações e recursos sobre como fazer negócios no país, incluindo informações sobre a indústria, pesquisas de mercado e eventos comerciais.

Outro site útil é o Small Business Administration dos EUA, que oferece informações financeiras para exportadores, além de informações sobre como começar e como contratar suporte. O site também direcionará você a outros recursos valiosos.

No Reino Unido, existe o site UK Trade and Investment, que apresenta informações sobre exportação, com detalhes sobre feiras comerciais e webinars. Outro site útil é o UK Export Finance, que traz um guia informativo sobre como exportar para a China.

No Brasil, os sites das organizações independentes Conselho Empresarial Brasil-China e Câmara Brasil-China são ótimas fontes de informação sobre a relação comercial entre os dois países. Uma boa fonte governamental é a cartilha de 2013 do Ministério das Relações Exteriores da série “Como Exportar“, específica sobre a China.

Conheça a cultura

Se você deseja fazer negócios com a China, é importante lembrar que existem diferenças culturais. Quanto mais ciente você estiver disso, menos chance terá de cometer algum engano que custe sua reputação profissional.

Um artigo no International Business Times lista uma série de diferenças culturais que devem ser levadas em conta, incluindo aprender a ser paciente e a não se incomodar com o silêncio. Boas maneiras também são muito importantes, assim como pontualidade.

Também é importante aprender as superstições chinesas. O quatro, por exemplo, é considerado um número de azar, assim como a cor preta.

Visite o país

Visite a China e a região em que pretende fazer negócios. Você aprenderá muito sobre as pessoas e a cultura apenas por estar lá e interagir pessoalmente. Observe como as grandes marcas são divulgadas e embaladas. Fale com o maior número de consumidores que conseguir a fim de entender melhor o mercado (mesmo que você não fale chinês, certamente encontrará falantes de inglês).

Garanta que sua documentação seja traduzida profissionalmente

Para que seu negócio obtenha sucesso e passe uma imagem profissional, as traduções também devem ser profissionais. Não tente fazer negócios usando o Google Translate, pois o texto não será compreendido e poderá até ser ofensivo.

Se você for anunciar e usar mídias sociais, garanta que o material seja localizado de modo que faça sentido para os consumidores locais, refletindo o estilo de vida deles, e não o seu.

Fazer negócios em outros países pode ser uma tarefa assustadora, mas com pesquisa e preparação adequadas, pode significar novas oportunidades de lucro e de sucesso.

A Terralíngua é uma empresa de tradução profissional que trabalha com algumas das marcas mais importantes do mundo. Se você quiser nossa ajuda com sua comunicação global, acesse nosso site para obter mais informações.

Por que vale a pena contratar uma empresa de tradução profissional

Por que vale a pena contratar uma empresa de tradução profissional

Por que vale a pena contratar uma empresa de tradução profissionalSe você já usou uma ferramenta de tradução automática e tem algum conhecimento sobre o idioma-alvo, logo perceberá que o texto fica cheio de falhas e, em alguns casos, soa totalmente absurdo.

O problema é que a maioria das pessoas que usam as ferramentas de tradução automática não tem conhecimento sobre o idioma-alvo sendo traduzido e, portanto, não é capaz de diferenciar entre uma tradução boa ou ruim. Contudo, elas as usam mesmo assim por serem gratuitas.

Uma ferramenta de tradução gratuita da internet até pode ser usada para descobrir o significado de uma palavra incomum, mas em se tratando de negócios, especialmente em um negócio global, usar a tradução gratuita não somente fará você parecer pouco profissional, mas poderá também ser considerado um desrespeito pelo destinatário. Eles irão supor que a sua empresa não tem estima o suficiente para oferecer uma tradução profissional, o que pode prejudicar sua reputação e fazer você perder clientes importantes.

Se você estiver traduzindo um site, não atrairá muitos negócios se a tradução não fizer sentido. Você pode até acabar sendo assunto nas mídias sociais, como o Twitter ou o Facebook. As pessoas não confiarão no seu produto ou serviço se ficar evidente que você não fala o idioma delas.

Traduzir não se trata apenas de trocar palavras de um idioma para outro. A tradução deve soar completamente natural e incluir todas as nuanças relevantes ao idioma-alvo. Isso faz a diferença entre uma tradução que soa natural e uma que não flui da forma apropriada por não ter sido feita por um ser humano.

Uma empresa ou agência de tradução respeitável emprega tradutores que vivem no país do idioma-alvo ou que viveram lá no passado. Os tradutores de agências não apenas têm bom conhecimento do idioma, como também conhecem a cultura e as tradições relacionadas. Eles conhecem gírias e expressões coloquiais.

Traduções técnicas, médicas e jurídicas poderão ter consequências desastrosas se a tradução não estiver 100% correta. A tradução precisa ser realizada por alguém que seja especialista na área técnica, jurídica ou médica. Portanto, é fundamental usar uma agência de tradução profissional, que fornecerá um tradutor experiente para dado idioma e assunto.

Gerir um negócio em um mercado global significa que o profissionalismo é uma prioridade, portanto, não use alguém que você conhece pessoalmente e que fale o idioma-alvo, mas que não seja tradutor. Eles não têm a experiência e podem não ter o nível de vocabulário e conhecimento gramatical necessários para traduzir de forma profissional. Tradutores profissionais têm um arsenal de ferramentas para ajudá-los em seu trabalho, como glossários e dicionários técnicos, que um tradutor não profissional não terá.

Uma agência de tradução oferecerá um orçamento claro para o trabalho necessário e fornecerá uma tradução profissional e precisa.

Para garantir que sua tradução seja realizada sem atrasos, certifique-se de fornecer as seguintes informações à empresa de tradução:
• O idioma-fonte e o idioma-alvo – Pode haver mais de um idioma-alvo.
• O tipo de tradução – Técnica, médica, jurídica, negócios corporativos.
• O público-alvo – Quem lerá o texto?
• Onde a tradução será vista – É uma carta, um folheto, um white paper, um site ou somente para uso interno?
• Quando você deseja que a tradução seja concluída – O prazo.

Você também deve estar preparado para responder a quaisquer questões que a empresa de tradução fizer, pois quanto mais claras as instruções, melhor será a tradução.

Investir dinheiro para ter traduções corporativas profissionais fará com que os benefícios sejam colhidos no futuro. Seus clientes terão mais confiança nos seus produtos e serviços, e você ganhará reputação como uma empresa global e que se esforça para se comunicar em um nível profissional com seus consumidores, clientes e parceiros.

Como a centralização de suas traduções pode ajudar a sua empresa

Como a centralização de suas traduções pode ajudar a sua empresa

Como a centralização de suas traduções pode ajudar a sua empresaO processo de centralização de traduções envolve a localização de grandes quantidades de conteúdo de uma parte da empresa. Depois de reunir todo o seu conteúdo em uma única seção de negócio, você descobrirá que é muito mais fácil gerenciar e traduzir esse conteúdo de acordo com seus requisitos. A intenção ao disponibilizar o conteúdo em outros idiomas é permitir que pessoas de outras partes do mundo tenham acesso fácil ao conteúdo on-line da sua empresa. E, para que isso ocorra, as empresas de tradução precisam se concentrar em vários projetos simultaneamente.

Ao apresentar um conteúdo em um site, especialmente quando o objetivo for usar essa via para comercializar bens e serviços, você descobrirá que é preciso fazer com que o leitor final se sinta confortável. Isso porque esses leitores serão os consumidores dos seus produtos, caso seu conteúdo seja orientado para negócios. Além disso, fornecer instruções para a utilização de seus produtos em diferentes idiomas evitará bastante trabalho e outros problemas relacionados ao uso, o que, por sua vez, garante a satisfação do cliente e uma nova compra de produtos da empresa.

A importância de escolher o LSP adequado

Os provedores de serviços de idiomas (também chamados de LSP, do inglês Language Service Providers) são as organizações que auxiliam no fornecimento de serviços de tradução e localização. Alguns desses LSPs, porém, apresentam algumas desvantagens, como a de não ser capaz de processar grandes volumes de dados de uma só vez, por exemplo. Em vez disso, eles se especializam em projetos individuais, o que significa que sua empresa teria de trabalhar simultaneamente com vários LSPs a fim de processar todas as informações a serem traduzidas e disponibilizadas na internet.

Portanto, as empresas precisam ser cuidadosas para escolher o LSP certo. Se houver empresas que consigam gerenciar dados em massa, elas representam a contratação ideal, desde que os padrões de qualidade sejam mantidos. Caso contrário, você precisará gerenciar negociações diferentes e simultâneas, o que é necessário, embora possa ser um tanto difícil.

Como a centralização funciona?

A centralização é um processo no qual é feita a localização de todos os projetos ou acervos da organização em uma única unidade de gerenciamento. Isso é útil uma vez que equipes individuais podem se envolver nos trabalhos que lhes foram atribuídos e acabar não se concentrando no acúmulo e na entrega de qualquer outro projeto. Uma empresa só pode funcionar se cada unidade individual for totalmente funcional e conseguir gerenciar a si mesma para atender aos prazos de todos os clientes.

A disponibilização do conteúdo na internet pode se tornar uma tarefa confusa devido à grande quantidade de informações que precisam alcançar diferentes destinos. Isso ocorre especialmente com empresas de tradução, uma vez que sua principal área de experiência é lidar com dados e processá-los de maneira a fornecer boa qualidade do ponto de vista do leitor final.

Vantagens de centralizar suas traduções

A razão pela qual a maioria das empresas prefere a centralização quando comparada à necessidade de trabalhar com vários LSP é porque esse processo economiza aproximadamente 15% do total de pagamentos que têm de ser feitos da outra forma. Esse é um sistema bastante eficiente porque utiliza um único LSP como fornecedor de diversos idiomas (também chamado de MLV, do inglês multi-language vendor), de forma que todas as localizações e traduções que a empresa de tradução executar serão feitas em uma única plataforma com diferentes unidades.

O processo de centralização não só economiza o dinheiro da empresa, como também diminui muito o tempo necessário para a conclusão de projetos relacionados. E isso é feito por meio da simplificação do procedimento desenvolvido pelos LSPs e pela unificação do serviço inteiro. Embora trabalhar com um LSP seja complexo, atualmente a utilização de vários LSPs é completamente desnecessária, já que várias empresas de tradução estão adotando a centralização. As vantagens são inúmeras, e essa é a razão por trás do sucesso desse modelo.

A busca pelo fornecedor de serviços de tradução

Todos os fornecedores de serviços linguísticos prometem a garantia de qualidade linguística (LQA – Linguistic Quality Assurance), e, mesmo que não o façamA busca pelo fornecedor de serviços de tradução, eles idealmente deveriam. No entanto, ao buscar um fornecedor de qualidade, você precisa conhecer de que forma um processo de LQA do fornecedor é melhor ou pior do que o de outro. Além disso, você também precisa saber como o processo se ajusta ao seu projeto.

O processo como um todo

Conhecer o processo integral de um projeto de tradução já poupa muitas preocupações. É necessário saber se a qualidade de uma tradução não tem erros e se é precisa. Se você conhece o idioma suficientemente bem, você então tem uma noção da qualidade do trabalho. A primeira pergunta que todo cliente faz é: como eles saberão se a tradução está de nível adequado? O fornecedor não será capaz de oferecer a LQA, a menos que já tenha uma boa reputação e esteja bem estabelecido em sua área profissional. Dessa forma, o cliente precisa conhecer suas referências, os registros passados de seu trabalho e as reclamações contra eles no passado, bem como até que ponto as disputas com clientes no passado foram resolvidas de forma amigável ou não.

Se o fornecedor for leal, é fácil confiar no que ele promete. Para conhecer melhor o processo como um todo, você pode entrevistar o fornecedor. Caso você não tenha se sentido totalmente seguro, o melhor a fazer é ir atrás de outros fornecedores. O processo deve dar conta da colaboração linguística, edição, revisão e leituras de prova, bem como de revisões finais. Em outras palavras, o trabalho de tradução requer colaboração e a execução simultânea de diversas tarefas, sendo muito mais um trabalho de equipe do que um esforço individual. Quando os clientes começam a discernir como funcionam seus processos, eles poderão ter a certeza se o seu trabalho ficará de acordo com as expectativas deles.

A chave para uma boa tradução são as revisões objetivas, que asseguram a aplicação da garantia de qualidade linguística. Por outro lado, as mudanças subjetivas são as mais evitadas. Em outras palavras, o processo pode fornecer um entendimento sobre a qualidade.

As ferramentas

No momento da entrevista, é interessante que você se informe sobre as ferramentas que o fornecedor usa, pois elas oferecem clareza de visão em relação à LQA. Algumas das ferramentas que se deve buscar são: guia de estilo, memória de tradução e glossários específicos do cliente. Informe-se com o cliente se ele está disposto a trabalhar com revisores em seu país. Além disso, é recomendável também que você se informe com os clientes qual é a avaliação dos linguistas com quem eles trabalham e como eles conduzem a reavaliação do trabalho desses linguistas.

A finalidade das ferramentas de tradução na indústria de tradução é proporcionar uma padronização no trabalho executado. Em outras palavras, não importa quem desempenha o trabalho de tradução, os resultados finais devem ser compatíveis. Embora possa ser facilmente alcançada na tradução de documentos científicos e técnicos, talvez não seja tão fácil alcançar a padronização nos trabalhos de tradução de literatura e outros assuntos culturais. Ainda assim, a marca de garantia de qualidade linguística é que certo grau de padronização no processo de trabalho, as ferramentas usadas e o resultado final cumpram a LQA.

Essas foram algumas dicas que o auxiliarão no entendimento da garantia de qualidade e do processo de tradução do fornecedor com o qual você escolheu trabalhar. Todos os setores têm garantia de qualidade em vigor, e a indústria de tradução não é uma exceção. Se o seu fornecedor de garantia de qualidade não responde às consultas que você envia, talvez seja a hora de você buscar outros fornecedores. Uma boa garantia de qualidade tem um processo muito bem definido, em combinação com as ferramentas certas para lidar com suas necessidades relacionadas à tradução.

Encontrar o fornecedor de traduções certo não será difícil se você puder lançar a eles algumas questões pertinentes ao processo e à garantia de qualidade. Bons fornecedores têm em vigor um processo que atenda à garantia de qualidade linguística. Além disso, eles devem ter o conjunto correto de ferramentas para trabalhar.

O que observar ao procurar uma empresa de tradução

lupaUma vez que a maioria dos websites são disponibilizados para uma audiência global, é muito importante que eles estejam em diferentes idiomas. Talvez você se espante ao saber que em algumas das nações mais desenvolvidas, inclusive a China, as pessoas não dominam muito o inglês. Para traduzir o conteúdo do seu site, é necessário contratar os serviços de um empresa de tradução. Evidentemente, você procura a empresa de tradução que melhor atenda às suas necessidades e requisitos de orçamento. Este artigo destaca algumas das principais características que se deve buscar em uma empresa de tradução antes de contratá-la.

A experiência dos tradutores

Traduzir é um tarefa que exige muita prática. Não existe outra maneira de alguém dominar determinada língua a não ser usá-la de maneira em que se deva prestar atenção à gramática, terminologia, precisão e outros aspectos idiomáticos fundamentais. Naturalmente, quanto mais experiente o tradutor, maior será seu controle sobre o idioma. Assim, antes de contratar uma empresa de tradução, é importante informar-se sobre a experiência dos tradutores dessa empresa. Na Terralíngua, por exemplo, todos os linguistas têm curso superior em Tradução ou Linguística, ou têm no mínimo três anos de experiência na área principal de tradução. Além disso, todos os linguistas da Terralíngua são falantes nativos do idioma de chegada, o que confere aos textos traduzidos a fluência e naturalidade necessárias para que o texto final não soe como um texto literalmente traduzido. Por exemplo, para traduzirmos para o alemão, usamos somente tradutores cuja língua-mãe seja o alemão e que vivam na Alemanha, sendo, assim, sensíveis às nuances do idioma intrínsecas à cultura.

Se, depois de analisar a empresa, você perceber que ela possui uma boa experiência e que, além disso, possa comprovar essa experiência de forma pertinente, vá em frente e contrate a empresa.

A qualidade do trabalho

Se você é bom conhecedor de uma idioma, digamos, espanhol, deve estar ciente de que existem inúmeras maneiras de se escrever uma frase. Todas elas poderão estar corretas gramaticalmente, mas apenas algumas delas soarão bem. Outra característica desejável na empresa de tradução que você contratou é que ela também empregue estruturas frasais de alta qualidade ao traduzir o conteúdo do seu site. Existem diversas maneiras de medir a qualidade do trabalho de uma empresa de tradução. Apresentamos, a seguir, algumas delas:

Certificados de tradução

Empresas de tradução renomadas obtêm certificação de bancas examinadoras reconhecidas internacionalmente para mostrar aos seus clientes que a tradução oferecida é da melhor qualidade. Para obterem certificação, as empresas precisam ter tradutores que passaram em um teste de nível básico e que também apresentem uma experiência mínima. Se a empresa escolhida tiver essa certificação, poderemos pressupor que o trabalho dessa empresa é de boa qualidade.

Reputação

Como em qualquer outra área, boas empresas de tradução adquirem uma reputação com o passar do tempo. Essa reputação resulta da entrega consistente de trabalhos de qualidade para clientes no mundo todo. Na Terralíngua, temos 85% de nossos clientes satisfeitos com os nossos serviços. Estamos sempre preocupados em atender às necessidades e corresponder às expectativas dos nossos clientes. Possuímos a certificação ISO 9001:2008 e somos parceiros da SAP, o que nos confere credibilidade no mundo todo. Se a empresa de tradução que você pensa em contratar tiver uma boa reputação, você pode presumir que os serviços desta empresa são de boa qualidade.

Outros métodos usados para avaliar a qualidade incluem a garantia da qualidade, precisão do texto, confidencialidade, entre outros.

A Terralíngua usa o método LISA para manter os padrões linguísticos de qualidade. Este método baseia-se nos padrões aceitos pela indústria de localização. Obtenha mais informações sobre essa metodologia acessando a nossa página sobre o método LISA.