Arquivos classificados: software

Aumente o seu alcance com a localização de software

Aumente o seu alcance com a localização de software A globalização transformou o mundo em um lugar menor. Agora, é possível fabricar um produto nas nações orientais da Ásia e vendê-lo na costa ocidental da Europa em questão de dias. Dessa forma, a necessidade de ter um negócio com presença internacional aumentou e é um pré-requisito se você quiser que o seu produto ou serviço tenha sucesso em escala mundial. A localização de software se torna um componente essencial nesse aspecto.

O que é localização de software?

A localização de software envolve o processo de localizar ou adaptar qualquer software aos requisitos técnicos, culturais e linguísticos dos vários mercados de interesse. É um processo intensivo de trabalho e que normalmente necessita de tempo e esforço substanciais dos desenvolvedores.

A localização de software é bem diferente da tradução. Ela envolve o processo de traduzir e adaptar um produto ou software da internet e toda a documentação relacionada a ele. A tradução apenas traduz o documento sem qualquer referência à cultura local e tradições linguísticas. A localização de software muitas vezes corre paralelamente ao desenvolvimento do produto de origem e permite que o fabricante envie versões do produto em diferentes idiomas. Por exemplo, a tradução de strings (cadeias de caracteres) de um software pode começar mesmo que o produto esteja na fase beta. A tradução é meramente uma das etapas no processo de localização de software; completar essa etapa não significa que o produto esteja pronto para o mercado.

Dicas para a localização do seu software

Muitas organizações estão, neste momento, buscando a localização dos seus serviços de software para diferentes mercados ao redor do mundo. Nesse empreendimento, muitas tentativas de localização de software acabam sendo frustrantes após o desenvolvimento do software. É possível que as fontes não estejam corretas, o texto esteja confuso, a codificação não funcione, as sentenças não estejam em um formato organizado ou o design geral não se pareça com o esperado. As dicas abaixo irão guiá-lo para localizar o seu software com êxito para mercados específicos.

Planeje com antecedência: um planejamento adequado deve ser feito para localizar o seu software para diferentes mercados. A maioria das empresas tem a tendência de apressar a localização antes do lançamento real do software, o que compromete a qualidade da localização.

Teste o software: o software localizado deve passar pelos mesmos testes rigorosos que o produto original. A conscientização que resulta de ver uma língua diferente “no contexto” em seu produto é insubstituível.

Deixe espaço suficiente para a expansão do texto no idioma estrangeiro: existem vários idiomas que, em média, utilizam 30% mais espaço que o inglês. No caso de ter desenvolvido um software em que o texto em inglês se ajusta perfeitamente ao espaço, você provavelmente enfrentará problemas no futuro. Por isso, deixe espaço suficiente ao desenvolver o seu produto para compensações futuras.

Codificação de strings fácil de localizar: sempre que possível, os recursos de um software ou tabelas de strings devem estar no formato Unicode/UTF-8. Isto evita textos confusos, depurações e etapas de conversão desnecessárias.

Remova strings embutidas no código por meio da “pseudolocalização”: em ramificações temporárias, você pode usar expressões gerais no lugar de todas as letras no texto, com um texto repetido como “XXXX”. Crie o produto e todo o texto embutido no código aparecerá na tela, mostrando IDs que não são dadas nas tabelas de string.

Evite usar concatenação e strings únicas em excesso: a estrutura da sentença em inglês nem sempre será seguida em outros idiomas. As strings usadas em diferentes contextos e strings concatenadas terão problemas de concordância gramatical e de gênero. Seja generoso com a memória ao localizar o seu software.

No geral, a localização de software se tornou uma etapa importante no processo de adaptação de um produto para mercados específicos e pode potencialmente decidir o sucesso dele nesses mercados. Assim, você deve garantir que a localização seja realizada da melhor maneira possível.

As melhores práticas para localização de software

As melhores práticas para localização de softwareA localização de software, trabalho em que seu software é personalizado para adequação a um idioma ou a uma região específicos, é uma ótima forma de expandir seus negócios. Porém, se você não estiver preparado, ela pode causar inconvenientes, como texto incompreensível, codificação errada e panes. Todas essas frustrações podem ser evitadas se você estiver bem preparado para a localização.

Planeje com antecedência

Mais frequente do que nunca, a razão para as falhas nas aplicações de software nas tentativas de localização é a aplicação não ter sido concebida com a localização em mente. Como resultado, não existiam configurações criadas para a alteração de idioma ou outras modificações exigidas para a localização. Planejar com antecedência pode evitar isso.

Desenvolva seu software com configurações para localização, como suporte a caracteres para idiomas diferentes, de forma que a gramática desses idiomas também possa ser incorporada. Juntamente com o conteúdo de localização, você também deve focar em testes de localização para que a localização de software seja mais efetiva. Crie um plano detalhado de testes em inglês e use o mesmo plano também nos testes localizados.

Lembre-se de que a aparência de seu software deve ser parecida com a de um software criado localmente para usuários nativos. Eles devem conseguir usá-lo sem a sensação de ele ter sido criado por alguém que não esteja familiarizado com sua cultura. O planejamento antecipado garantirá que seu software tenha essa aparência local.

Possibilite configurações para expansão de texto

Os idiomas, com exceção do inglês, têm um conjunto de caracteres mais amplo, dessa forma, usar apenas os padrões do inglês não será suficiente se você quiser que o software seja realmente localizado. Usar os padrões UTF-8 é sempre a melhor prática para a localização de software. Esse padrão previne contra conversão extra e ininteligibilidade do texto. Manter configurações para a expansão dinâmica da interface do usuário também é uma boa prática.

Nunca use cadeias de caracteres codificados, especialmente para formatos de data e hora. Isso porque países diferentes usam formatos diferentes de data e hora. O mesmo acontece com a moeda. As convenções de nomenclatura também podem variar de país para país. Alguns escrevem o nome antes do sobrenome e outros fazem o oposto. Outras culturas têm apenas um nome para uma pessoa.

A gramática varia de idioma para idioma. “Red pencil” em inglês é traduzido para o francês como “crayon rouge”. Portanto, se você estiver pensando em concatenar as cadeias de caracteres, isso não funcionará para a localização de software. Tenha isso em mente, nenhuma cadeia de caracteres deve ser usada de forma exagerada.

Outras considerações

A interface gráfica do usuário e outros aspectos do software serão traduzidos por tradutores profissionais, e não por engenheiros. Portanto, se você deixar claro o contexto e os significados das partes traduzíveis para eles por meio de comentários, eles poderão traduzir mais facilmente. Além disso, eles serão consistentes com o contexto do começo ao fim da tradução.

Certifique-se de que a empresa de tradução escolhida seja experiente e especializada, de modo que ela possa ajudar com a tradução de seu software, bem como na documentação, ao mesmo tempo em que mantém consistência entre os dois.

Lembre-se sempre de que a alteração do idioma não localiza por completo o software, a menos que você use a localidade completa para esta região. Por exemplo, se está subtendido que o software deve ser em inglês, ele pode ser usado no inglês dos Estados Unidos ou no inglês do Reino Unido, mas a ortografia e as convenções de nomenclatura seriam alteradas para a localização do software, embora o idioma permanecesse o mesmo (color vs. colour ou elevator vs. lift). O suporte à internacionalização também é importante em seu software, pois permite que os formatos nativos para moeda, data e hora para regiões individuais sejam exibidos de forma familiar para usuários de regiões específicas.

Como é evidente neste artigo, a localização de software nunca é completa, a menos que esteja alinhada aos costumes locais, às convenções e à cultura da região para a qual a localização é realizada. Ao planejar e desenvolver seu software, mantenha configurações não apenas para suporte ao idioma, mas também para outras convenções locais específicas para a região a fim de evitar preocupações de última hora.

Seis recomendações importantes para a localização de softwares

Seis recomendações importantes para a localização de softwaresImagine a situação: você traduziu o seu software para diversos idiomas e também já anunciou a data do lançamento. Então você se dá conta de que disponibilizou o software na maioria dos idiomas, mas não o testou em todos eles. O fato de não saber se o software realmente funciona em um idioma específico pode causar pânico. Para evitar situações de estresse como essa, sugerimos a seguir algumas regras que você pode seguir:

Converter as strings do usuário em arquivos de recurso

Quando houver uma cadeia de caracteres (string) visível ao usuário, converta-a em arquivos de recurso. São exemplos de strings visíveis as mensagens de erro, nomes de produtos, strings de imagens, etc. Ao adicionar essas strings em arquivos de recurso, torna-se bem mais fácil traduzi-los. A maioria dos tradutores especifica valores para diferentes strings traduzidas. Quando um usuário seleciona um idioma em específico, o software faz a correspondência dele com o valor de tradução que você atribuiu, e o texto no idioma correspondente é exibido.

Evitar a concatenação de strings

Um bug devido à concatenação é um dos bugs mais comuns que os especialistas em localização regularmente têm de enfrentar. Tomemos como exemplo um site de compras onde é possível comprar camisetas. Digamos que as camisetas disponíveis no site tenham diferentes cores. Ao escrever o código do tradutor para, por exemplo, o francês, o comum seria usar o termo em francês para “camiseta” e só acrescentar a versão traduzida da cor que o usuário escolhe. Porém, para idiomas como o francês, esse tipo de tradução não funciona. O francês usa modificadores antes de algumas palavras e não os usa para outras, e ignorar esse aspecto resultará em uma tradução errada. Assim, a melhor forma de evitar esse bug é evitar completamente a concatenação de strings.

Incluir pontuação apenas nas strings de recurso

Sinais de pontuação também funcionam como concatenação, com a exceção de que as regras de pontuação diferem de idioma para idioma. Assim, você não pode simplesmente deixar os sinais de pontuação como estão e apenas traduzir as palavras. A melhor forma de lidar com isso é colocando todos os sinais de pontuação nas strings de recurso. Dessa forma, é possível adicionar todos os sinais de pontuação relevantes de acordo com o texto traduzido, sem quaisquer erros gramaticais.

Prestar atenção aos nomes próprios

Na América do Norte, a tendência é usar o sobrenome das pessoas com maior regularidade. No entanto, em alguns países orientais, predominantemente os asiáticos, algumas pessoas têm somente um nome. E não temos como saber se ele é o primeiro ou o último nome. Obviamente, o algoritmo de tradução direta bagunçará tudo isso, podendo provocar gafes muito constrangedoras. Os erros estarão no prefixo para o nome. Para evitar que isso ocorra, acrescente uma tag de gênero ao nome. Assim, você terá um parâmetro comparativo ao traduzir a string e adicionará o prefixo correto.

Providenciar a extensão e a compressão de strings

Quando a interface do usuário é projetada, as frases terão um número específico de caracteres. Mas o problema na tradução é que algumas palavras que são curtas em um idioma são longas em outro. A melhor forma de lidar com isso é não ter nenhuma limitação nos caracteres no layout. Permita simplesmente que o texto oriente-se por si próprio no espaço disponível. E assegure um espaço suficiente para as strings poderem aumentar ou encolher.

Ater-se à codificação de caracteres UTF-8

Outro problema que você enfrentará em textos traduzidos é a codificação de caracteres. Usar o padrão UTF-16 é bastante tentador. Mas tenha em mente que o padrão UTF-8 é o ideal para todas as suas necessidades. Certifique-se de executar a codificação na parte superior da página para evitar quaisquer confusões e garantir que o padrão seja completamente mantido. Certifique-se de manter essa uniformidade em todo o código das páginas da interface do usuário.

Desafios da localização de softwares

Desafios da localização de softwaresO desenvolvimento de softwares é uma necessidade constante e também um negócio em rápida expansão no atual mundo de TI. Existem inúmeras empresas produzindo softwares de alta qualidade. Para que os softwares produzidos por essas empresas tenham um alcance global, os desenvolvedores os disponibilizam em vários idiomas. Embora a localização de softwares seja um movimento lógico em uma empresa, existem diversos obstáculos que os desenvolvedores precisam superar. O código-fonte básico permanecerá o mesmo, mas os designers da interface do usuário (IU) terão de trabalhar em conjunto com a equipe de tradução para garantir que o software seja efetivamente localizado. Apresentamos, abaixo, algumas soluções aos desafios enfrentados pelos desenvolvedores ao localizar um software.

A localização e a codificação devem iniciar ao mesmo tempo

Quem conhece o ciclo de desenvolvimento de softwares sabe que o design da IU é finalizado antes de a etapa de codificação realmente iniciar. Assim, a equipe responsável pelo desenvolvimento da IU já terá começado a trabalhar antes mesmo que o trabalho com o código-fonte inicie. A equipe da IU, dessa forma, terá de trabalhar juntamente com a equipe de tradução para garantir a localização efetiva da IU. Nesse processo, para cada região diferente, projeta-se e codifica-se uma IU diferente, sendo que o design e layout básicos permanecem os mesmos em todos os países. Somente o texto na IU será disponibilizado nos diferentes idiomas regionais.

Todas as edições devem ser lançadas simultaneamente

Um dos segredos dos softwares de sucesso é o lançamento global simultâneo. Ao lançar um software em escala global, você terá minimizado as chances de os concorrentes lhe passarem à frente e lançarem os produtos nas regiões onde ainda não foram lançados. Para isso, os tradutores também têm de trabalhar com um cronograma apertado, a fim de garantir que a IU localizada esteja pronta para um lançamento global. Essa não é uma tarefa simples, especialmente se apenas uma empresa estiver lidando com o serviço de localização. As empresas envolvidas no trabalho têm de trabalhar com prazos apertados e assegurar o mais alto padrão de qualidade.

Tradução de arquivos de ajuda e de documentos jurídicos

Um dos maiores desafios que uma equipe de localização tem de enfrentar ao trabalhar com a localização de softwares é a tradução de documentos técnicos do produto. Os especialistas em localização dominam bem os idiomas, mas não estão a par dos detalhes técnicos, cruciais para os manuais técnicos e arquivos de ajuda fornecidos com o software. Assim, os tradutores terão de trabalhar juntamente com a equipe técnica para que os mínimos detalhes estejam corretos e precisos.

O mesmo é válido para todos os documentos jurídicos. Se o tradutor não conhece as implicações das leis da região para onde está traduzindo, ele poderá usar termos considerados legalmente incorretos. Para evitar que isso ocorra, os tradutores devem estar estritamente relacionados com a equipe jurídica para poder traduzir os documentos jurídicos de forma precisa e sem quaisquer discrepâncias.

Apesar de as atividades que mencionamos acima parecerem bastante simples e diretas, elas consomem muito tempo desses profissionais. Da mesma forma, a qualidade é algo que não pode ficar comprometido quando se localiza um software.

Conteúdos atualizados

Quando é lançada uma atualização ou patch (conserto que acrescenta ou modifica somente uma parte pequena) de um software, o desenvolvedor deve garantir que se houver patches da IU, eles sejam localizados. A equipe de localização novamente terá de trabalhar junto com os desenvolvedores para que os termos em questão estejam certos. Se algum conteúdo no arquivo de ajuda ou algum conteúdo no software tiver de ser atualizado, os patches relevantes devem ser localizados antes de serem lançados.

Barreiras culturais

Existem certas barreiras culturais das quais a equipe de localização deve estar ciente ao trabalhar na localização de um software específico. Por exemplo, embora precisos do ponto de vista gramatical, alguns termos específicos não devem ser usados por serem culturalmente inapropriados em algumas partes do mundo. Da mesma forma, esses pequenos, porém importantes, detalhes culturais devem servir de base aos especialistas de localização ao trabalharem na localização de softwares.