Arquivo da tag: tradução técnica

Entendendo a diferença entre tradução e interpretação

Entendendo a diferença entre tradução e interpretação

Entendendo a diferença entre tradução e interpretaçãoCom a expansão da Internet, é cada vez mais importante que uma empresa se comunique de forma eficaz com um público maior para ajudar no crescimento de sua marca. Os serviços de tradução técnica e de interpretação específica a um setor estão com alta demanda, uma vez que a meta é aumentada para transmitir as vantagens do produto ou serviços da empresa a um mercado global.

O que é interpretação?

Embora a interpretação seja especificamente definida como a ação de explicar o significado de alguma coisa, em um modelo de negócios, na verdade, ela possui um significado muito mais profundo. O termo interpretação, por si só, será interpretado de forma diferente de uma pessoa para outra, dependendo de sua educação, formação cultural e experiências prévias. Como resultado, a interpretação não pode ser simplesmente uma apresentação de informações traduzidas, deve antes considerar o patrimônio cultural e social dos receptores, muitas vezes envolvendo o uso de objetos e recursos visuais que seriam mais familiares ao público-alvo. A interpretação exige essencialmente que o apresentador tenha uma profunda compreensão do público e da conversão cultural do conteúdo.

O que é tradução?

A tradução é a elaboração da mensagem escrita no idioma do público-alvo. Enquanto a interpretação transmite o conteúdo oralmente, considerando os padrões de pensamento cultural do público, a tradução não tem a flexibilidade de improvisar considerações de ordem social. A tradução técnica segue um protocolo estruturado para transmitir informações de forma fluente e gramatical em um idioma diferente do idioma de origem do conteúdo. É nesse momento que a arte da tradução é manifestada, uma vez que a marca de um excelente tradutor corresponde à incapacidade de o leitor perceber que o texto se trata de uma tradução.

O processo de tradução

Embora se possa pensar que a tradução técnica seja uma correlação individual, fria e impessoal, ela definitivamente não o é. Muitas vezes, na tradução técnica, o tradutor é um redator técnico que tem a preparação não só para remontar as informações de forma eficaz, como também tem a percepção para escolher os termos mais adequados e atuais para facilitar a relação com o público.
Mesmo que existam algumas opções de tradução automática feita por máquina, esses processos automatizados, em geral, não terão um produto pronto para o público, especialmente quando a gramática e a sensibilidade cultural das informações forem importantes. Na maioria das vezes, eles soarão como uma tradução estranha, que pode marginalizar a mensagem. Como resultado, a interação humana durante o processo de tradução técnica será vista como essencial.

Diferenças entre tradução e interpretação

A interpretação é feita face a face ou em tempo real à criação, em oposição à tradução técnica, que é editada, analisada e revisada ao longo de um período. O tradutor também é capaz de fazer uso de ferramentas, como material de referência, glossários especializados e memórias de tradução. Portanto, as expectativas da interpretação são menos rígidas que as da tradução, a qual se espera que seja absolutamente precisa e correta.

Outra diferença fundamental entre as duas é o fato de um intérprete precisar ser extremamente fluente no idioma de origem e no idioma de destino, para interpretar as informações de forma eficaz. A maioria das agências exige que o tradutor traduza o texto de um idioma para a sua língua nativa, além de contar com um editor que também seja fluente em ambos os idiomas. Os dois trabalharão em conjunto para criar o texto, enquanto o intérprete trabalha sozinho.

Em suma, compreender a diferença entre os serviços de um intérprete e de um tradutor é uma parte fundamental para ser capaz de identificar corretamente suas necessidades de comunicação empresarial.

Como traduzir manuais técnicos para diferentes idiomas

Como traduzir manuais técnicos para diferentes idiomas

Como traduzir manuais técnicos para diferentes idiomasAntigamente, muitas empresas e corporações ficavam restritas às suas respectivas regiões e desenvolviam uma base de clientes somente naquela área. No atual mundo competitivo, as empresas não precisam mais depender de um mercado local de clientes fidelizados para garantir seus lucros. Grande parte das empresas busca se expandir para além de suas comunidades locais, e muitas delas optam por vender seus serviços ou mercadorias em outros países.

Para isso, é preciso fornecer guias de usuário e outras documentações de suporte nos idiomas locais, para que assim os clientes possam conhecer os produtos que compram e também possam incentivar outras pessoas a adquiri-los. Com isso, surge a necessidade da tradução técnica de manuais para diversos idiomas.

O inglês constitui o texto de origem a partir do qual os manuais são traduzidos para os diversos idiomas. Ao providenciar o guia de usuário técnico nos idiomas locais, as empresas permitem que os próprios usuários internacionais solucionem seus problemas ao usarem determinado produto, antes de procurarem a ajuda da empresa.

O que devem fazer os clientes que optam pela tradução de seus manuais

Se a sua empresa decidir recorrer a um prestador de serviços para realizar a tradução técnica de seus manuais, esteja ciente de alguns pontos importantes para que o processo seja o mais tranquilo e produtivo possível.

Você precisa ser claro quanto à finalidade do seu manual nas mãos de seu público-alvo. Ao entrar em contato com um prestador de serviços de tradução, é preciso que você já tenha ideia do prazo em que espera receber o manual traduzido. Caso precise da tradução em um curto espaço de tempo, esteja preparado para pagar tarifas adicionais.

Além disso, você deve esclarecer ao prestador de serviços se deseja que o documento original completo seja traduzido ou apenas parte dele. A clareza de sua parte ajudará o prestador de serviços a passar uma estimativa mais precisa. Decida se você quer que o prestador mexa nas imagens e nos desenhos ou somente no texto. A formatação de imagens eleva o preço, portanto, se você souber como fazer isso por conta própria, poderá economizar.

Se for o caso, peça para que palavras específicas da empresa sejam deixadas como no original. Os termos presentes em botões, nas telas ou no equipamento devem ser correspondentes aos termos do manual para que os usuários possam correlacionar o produto e o guia do usuário. Peça para que o prestador de serviços não traduza esses termos.

Oriente o prestador de serviços a criar um glossário dos termos traduzidos no manual. Esse glossário pode servir como referência para documentos criados posteriormente e pode ajudá-lo a garantir a consistência da terminologia. Um ponto fundamental a ser lembrado é, ao encontrar uma agência de tradução técnica que faça um bom trabalho com seus manuais, não mude de agência. Assim, você pode garantir a consistência, que é essencial em documentações técnicas.

Dicas para a tradução de manuais

Ao traduzir, é preciso seguir algumas regras, como as indicadas abaixo, para ajudar a melhorar a legibilidade de seu documento.
• A linguagem usada em traduções técnicas deve ser direta, simples e sem o uso de termos rebuscados.
• Sempre que possível, use verbos no presente em vez do futuro. Por exemplo, você deve escrever “Quando você clica no link, uma nova página é aberta”, e não “Quando você clicar no link, uma nova página será aberta”.
• Use a voz ativa, em vez da voz passiva. Em outras palavras, enfatize o verbo, e não o substantivo. Por exemplo, use “Passe o mouse sobre a imagem”, em vez de “O mouse deve ser passado sobre a imagem”.
• Prefira verbos com uma palavra. Isso simplifica não apenas a linguagem, mas também evita que o significado fique ambíguo, especialmente para um público estrangeiro.
• Dirija-se ao usuário pela segunda pessoa do singular (ou seja, “você”), em vez de usar a terceira pessoa. Por exemplo, use “Você pode selecionar qualquer uma das três opções”, em vez de “O usuário pode selecionar qualquer uma das três opções”.
• Evite frases redundantes e jargões de qualquer tipo. Mantenha uma linguagem simples, frases concisas e terminologia precisa.

Tradução técnica – uma visão da indústria especializada

Tradução técnica – uma visão da indústria especializadaCom os grandes avanços tecnológicos, muitas empresas possuem agências afiliadas pelo mundo inteiro. Ao lidar com culturas e locais diferentes, a necessidade de tradução certamente entrará em cena. Algumas pessoas acreditam que ferramentas de tradução automática podem fazer o trabalho de maneira adequada e que a tradução profissional humana está acabada. No entanto, deve-se lembrar de que somente tradutores humanos têm condições de proporcionar a melhor interpretação de qualquer texto específico.

Os especialistas em tradução trabalham dentro de um número determinado de áreas, como tradução mitológica, leitura política e a tradução de registros religiosos. Essas áreas são quase tão antigas quanto a própria linguagem. São poucos os setores que não usufruem do processo de tradução técnica. As áreas médica, jurídica e terapêutica carecem de tradutores profissionais com proficiência e profundo conhecimento de idiomas. A demanda por tradutores experientes está aumentando exponencialmente no mercado mundial.

Tradução para setores técnicos

Os serviços de tradução comercial, em especial, exigem um grau inequívoco de precisão. Qualquer equívoco em textos, principalmente durante a negociação de contratos, pode causar sérios danos à empresa. Imprecisões também podem levar a riscos iminentes.

Tradutores experientes nesses ramos especializados precisam não apenas ser competentes e instruídos, mas as suas habilidades linguísticas também devem ser atualizadas constantemente, de modo que possam ser aproveitadas na área. Mesmo falantes nativos de um idioma podem não ter tal competência em um idioma na forma como ele é aplicado em um ramo técnico. Portanto, é fundamental que tradutores estejam expostos ao ramo especializado para que possam aprimorar as suas habilidades linguísticas da forma adequada.

Especialistas em serviços de tradução técnica têm uma tarefa difícil em mãos. Eles geralmente trabalham com prazos apertados e são confrontados constantemente com a necessidade ilimitada de precisão. Eles lidam com uma grande variedade de referências complexas, que incluem manuais de operação, patentes, listas de suprimentos, desenhos em CAD, manuais de segurança, licitações, manuais de instalação e hardware de interface do usuário, propostas técnicas, softwares, MSDS e fichas de dados. Eles precisam ter cuidado ao interpretar e traduzir o texto, pois o menor erro pode causar grandes problemas para seus clientes.

À procura do vocabulário

O idioma original do conteúdo em determinadas áreas exige um alto nível de experiência. Quando se trata de traduções técnicas, é fundamental optar por uma empresa de traduções que seja bem versada em traduções como essas. Dessa forma, você garantirá a precisão das informações vitais e tornará o processo mais abrangente e eficiente.

Traduzir documentos técnicos não é o mesmo que traduzir outros tipos de texto. Não existem dicas linguísticas ou vastas técnicas literárias para orientar uma pessoa sobre como traduzir. O importante é preservar o conteúdo técnico do documento. Técnicas diferentes, como estilo de anotações, seleção de palavras e formatação do documento são importantes para um bom suporte. Os setores técnicos envolvem um vocabulário bastante diversificado, e exige-se bastante precisão do tradutor, tudo a fim de garantir que as informações nos documentos permaneçam inalteradas. Os serviços de tradução de um idioma para outro exigem que o tradutor seja bem versado em ambos os idiomas. Ele também precisa ter um conhecimento perfeito das regras gramaticais em ambos os idiomas, de modo que a tradução possa ser realizada da melhor forma possível.

Erros a serem evitados em traduções técnicas

Erros a serem evitados em traduções técnicasA maioria das empresas, ao lidar com negócios estrangeiros, fazem tudo corretamente, mas quando se trata de traduções técnicas, elas as considerarão como a tarefa mais dispensável. Isso ocorre pois provavelmente essas empresas acreditam que o inglês é um idioma quase universal, falado e entendido em todo o mundo. É importante, no entanto, que elas ofereçam diretrizes de operação segura em diversos idiomas.

Traduzindo só para o inglês

É errado pressupor que apenas o inglês cumprirá a finalidade. Essa suposição errônea deriva do fato de que muitos executivos internacionais são bem versados em inglês. Eles sabem ler e escrevem e compreendem bem o inglês. No entanto, só porque os executivos de alto escalão falam e entendem inglês, não quer dizer que todos os clientes entendem o idioma.

Na realidade, a maioria dos países, incluindo membros da UE, têm diretrizes claras que dizem que o manual do usuário, incluindo documentos de segurança, deve vir com a tradução técnica para a primeira língua usada no país no qual o produto será vendido. As empresas deveriam considerar esse exercício como parte de um progresso para a satisfação do cliente, o que levaria, por sua vez, à aceitação de seus produtos.

A relação entre custo e benefício nem sempre é a melhor escolha

Empresas que não valorizam a importância da linguagem no manual do produto designado para os clientes geralmente lançam mão de traduções on-line grátis ou contratam um tradutor barato. É importante entender que a tradução técnica agrega valor ao seu negócio, o que torna sua empresa sustentável em longo prazo. Assim, as melhores empresas não fecham o acordo mais barato.

Idealmente, as empresas deveriam direcionar tempo e atenção à tarefa de tradução, pois ela traz-lhes valor. Essas empresas podem iniciar entrevistando os profissionais ou as empresas de tradução e, então, perguntar a elas sobre seus processos e sobre como elas mantêm a qualidade e a padronização.

Pedindo ao revendedor para traduzir

É inacreditável que algumas empresas deixam a tarefa de traduzir nas mãos dos revendedores específicos de seus países. Existe uma grande diferença entre a qualidade de trabalho que os revendedores desempenham e a qualidade dos trabalhos executados por tradutores profissionais. É bastante possível que os revendedores falem inglês, mas a questão é que eles poderão não ser tão proficientes no idioma quanto um tradutor habilitado.

É importante ter em mente que a tradução técnica é uma tarefa bem desafiante, envolvendo a tradução do manual de usuário, materiais de marketing e instruções de segurança. Se uma empresa tiver de pedir auxílio para os revendedores, eles devem ser consultados previamente quanto ao material útil em sua localidade.

Leve em consideração o sistema métrico

Os manuais e documentos que usam medidas como gallons (galões), miles (milhas), feet (pés) e yards (jardas) tendem a confundir os clientes internacionais. O sistema métrico é usado em quase todos os países, exceto na América do Norte. As empresas norte-americanas que preparam documentos técnicos ou usam manuais para clientes internacionais geralmente negligenciam esse aspecto. Esse pode ser um pequeno lapso com implicações gigantescas.

Uma lição importante que as empresas podem aprender desses lapsos é levar em consideração o sistema métrico em praticamente todas as traduções técnicas para o exterior e na criação de novos documentos-fonte.

Planejar previamente

As empresas dispõem de grandes recursos para o planejamento com antecedência. Elas têm equipes exclusivamente voltadas para essa tarefa e quase todos os aspectos de seus negócios movimentam-se com grande regularidade de acordo com um plano bem planejado. A tradução, que é um aspecto fundamental em quase todos os negócios multinacionais, permanece negligenciada. Essa negligência por parte das empresas é estranha e inexplicável.

Como os produtos podem ser vendidos sem que ninguém pense na necessidade da tradução técnica? Os documentos e os manuais de usuários finalmente chegarão às mãos dos usuários finais. No entanto, quando a tradução é aprovada às pressas no último momento, os resultados são bastante previsíveis. Portanto, a tradução requer o mesmo grau de planejamento prévio de outros aspectos do negócio.

A tradução técnica é um dos cuidados mais importantes que devem ser levados em conta ao se negociar com as empresas estrangeiras. Há diversos fatores importantes a serem observados ao considerar a tradução de documentos e manuais. Uma tradução correta e adequada agrega valor ao negócio e leva à satisfação do cliente.

A tradução de dados técnicos e os textos-fonte

A tradução de dados técnicos e os textos-fonteMuitas empresas contratam serviços profissionais para traduzir e/ou localizar seus websites, documentos técnicos e materiais de marketing sem antes verificar a competência desses serviços. Essa desatenção pode levar a traduções incompreensíveis ou pouco profissionais, que, por sua vez, acabam afetando a imagem da marca da empresa. No caso de documentos técnicos, os erros podem gerar para a empresa problemas relacionados à responsabilidade legal. Assim, obter uma tradução correta logo de primeira é fundamental.

Geralmente as empresas não estão cientes das traduções de baixa qualidade até que um falante nativo as informe disso. Nesses casos, resta somente uma opção para as empresas: jogar fora o documento e refazer o trabalho de tradução, o que acaba ocasionando um custo adicional, já que deixar a tradução como está deve ficar fora de cogitação.

Qualquer tipo de tradução técnica, seja ela de certificados, documentos industriais, sites etc., deve ser executada de forma precisa e por profissionais. O importante nesse ponto é designar tradutores para trabalhar na tradução que tenham, de preferência, formação acadêmica avançada no idioma de partida ou em tradução. Além disso, esses profissionais devem ter experiência sólida no setor, já que deixar a tradução de licenças e documentos de patentes em mãos inexperientes pode ter consequências prejudiciais.

Outra consideração importante é buscar profissionais que sejam especialistas em suas áreas. Tradutores profissionais da área médica, por exemplo, devem tipicamente ter formação avançada no idioma de partida e também formação médica ou vasto conhecimento sobre a área, adquirido em anos de trabalho na área médica. A especialização no campo técnico envolve compreender e conhecer a terminologia específica do setor em particular e garantir que a tradução transmita o significado pretendido pelo autor.

Criando documentos de partida mais aprimorados

Diversos departamentos de documentação técnica procuram cortar os custos com os documentos-fonte, a fim de reduzir os custos totais. Nessas tentativas, porém, a qualidade da tradução não deve ser comprometida e, para isso, as empresas precisam lidar com documentos-fonte com maior consideração.

Na última década, tem ocorrido uma grande otimização de custos na indústria da tradução. Esse processo tem envolvido tradutores treinados, softwares sofisticados, vias de comunicação rápidas e um gerenciamento de processos melhor planejado, reduzindo os custos. O que deixamos escapar nesse ponto é o potencial para otimizar ainda mais os custos por meio de maior atenção à preparação dos textos-fonte, pois eles são os documentos-chave que ajudam a otimizar os custos e a qualidade das traduções.

Os documentos-fonte, quando desenvolvidos pensando-se na adequação de suas traduções, fornecem uma boa agregação de valor e redução de custos. Ao otimizarem-se os documentos-fonte, os custos da tradução de documentos finais também são otimizados. Além disso, esse aprimoramento diminui o tempo de processamento e poupa grande parte do trabalho preliminar e de pós-processamento aos tradutores e redatores técnicos.

Documentos-fonte consistentes, sejam documentos técnicos, ou textos de marketing ou de imprensa, podem ajudar também a consolidar a imagem da marca de uma organização, pois fornecem ampla visibilidade, tornando a imagem pública da empresa marcante. Isso é válido para todos os casos e é também o motivo pelo qual, em uma situação ideal, todos os tipos de texto deveriam ser escritos em um idioma padrão.

O principal benefício de textos-fonte aprimorados, contudo, consiste no fato de que um conteúdo melhor e mais compreensível diminui os mal-entendidos. Assim, há a vantagem nítida para o contexto dos dias de hoje, em que os produtos têm uma abrangência mais ampla, com muitos recursos semelhantes. Esses aspectos pesam a favor de produtos mais compreensíveis e, consequentemente, de utilização facilitada ao consumidor. Apresentamos, a seguir, algumas dicas para que se produzam documentos-fonte mais bem-acabados:

– Identifique as fontes de erro;
– Introduza e implemente processos de revisão;
– Documente processos e normas;
– Forneça o suporte de ferramentas.

Conteúdos técnicos podem ser complicados de se traduzir para idiomas estrangeiros, visto que os tradutores precisam ser fluentes nas diversas nuances do texto de partida e do texto de chegada, bem como também ser peritos na área técnica do documento.