Arquivo da tag: tradução

Não precisa traduzir… ou será que precisa?

Não precisa traduzir… ou será que precisa?

Não precisa traduzir… ou será que precisa?Se sua empresa tem uma presença exclusivamente nacional e seu principal idioma é o português, talvez você pense que não há motivo para traduzir seu material. Mas é preciso considerar alguns fatores importantes para não tirar conclusões precipitadas.

Quem são os usuários de seu produto ou serviço?

Mesmo que sua empresa esteja estabelecida em um país lusófono e não tenha um público-alvo internacional ou não conduza negócios em outros países, alguns consumidores podem preferir acessar seu material em outros idiomas.

Quem são os usuários de seu equipamento, serviço ou produto? Você pode ter um cliente cuja empresa conduza negócios em português, mas que necessita ter informações importantes de suporte e segurança em outro idioma a fim de repassá-las para operadores ou usuários finais. Se o produto for usado de maneira inadequada devido às barreiras linguísticas, sua empresa pode sofrer consequências jurídicas e ter sua reputação manchada.

De acordo com Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), em uma edição de 2011 da revista Desafios do Desenvolvimento, no Brasil são falados mais de 210 idiomas. Depois do português, há uma enorme variedade de idiomas indígenas, mas também há outros idiomas falados por imigrantes, como alemão, italiano, árabe, espanhol, japonês, entre outros. Além disso, com o próprio advento da globalização, há diversas multinacionais e executivos de outros países instalados no Brasil.

Onde estão os responsáveis pelas decisões?

A Common Sense Advisory, uma empresa de pesquisa de mercado sediada em Massachusetts, nos Estados Unidos, entrevistou 3.002 consumidores de 10 países no idioma nativo deles para testar a hipótese de que as empresas podem aumentar suas vendas se localizarem seus produtos e sites. De acordo com o relatório, a “pesquisa revelou uma forte preferência do consumidor pela sua língua materna. Essa postura é um dos motivos pelos quais muitos clientes potenciais, inseguros de suas habilidades de leitura em inglês, evitam sites nesse idioma, passam menos tempo visitando páginas que estão em inglês e deixam de comprar produtos se não há instruções ou atendimento de pós-venda no idioma nativo deles. Em resumo, chegamos à conclusão de que quanto maior for a quantidade de conteúdo disponibilizado ao cliente no idioma local, maior será a chance de ele finalizar a compra”.

Os resultados desse estudo podem ser aplicados em qualquer idioma. Por isso, pode ser que alguns de seus clientes potenciais tenham escritórios no Brasil, mas as sedes corporativas desses clientes ou mesmo os principais responsáveis pela tomada de decisões podem estar em outros países. E mesmo que os negócios sejam conduzidos em português, em que idioma são feitas as decisões de compra?

Ampliando sua presença

As empresas estão se tornando globais mesmo sem estarem fisicamente presentes em outros países. A internet se encarrega de levar sua empresa a várias regiões do mundo, mesmo que você não tenha planos de atingir mercados internacionais. Talvez existam clientes falantes de outros idiomas que tenham interesse em seu produto ou precisem dele, por isso é importante disponibilizar as informações em outros idiomas. Assim, seu produto ou serviço pode atingir mercados e consumidores os quais você talvez não tenha cogitado, mas que procuram exatamente o que você oferece.

Cause uma boa primeira impressão

Essas reflexões importantes ajudarão sua empresa a decidir se, de fato, vale a pena investir na tradução de seu conteúdo. Investimento é uma palavra-chave aqui, pois algumas empresas acreditam equivocadamente que usar tradução automática, que pode ser gratuita ou de baixo custo, é o suficiente. Não há como avaliar ou suprir uma necessidade se o material não fizer sentido para o leitor ou for de baixa qualidade a ponto de colocar em risco a reputação da empresa. Como diz o ditado: a primeira impressão é a que fica.

Você alguma vez já recebeu informações sobre produtos que claramente não tinham sido escritas por um falante nativo? Como se sentiu ao ler o material? Frustrado? Confuso? Sentiu-se valorizado como cliente? O material mal escrito afetou a imagem que você tinha do produto? Tradutores profissionais têm a habilidade de expressar ideias de maneira clara e correta, e não existe nenhuma ferramenta de tradução automática capaz de substituir isso.

Se o seu objetivo é obter uma maior quantidade de acessos on-line e atrair mais clientes, você deve contratar tradutores profissionais para disponibilizar seu material em outros idiomas.

______________________________

A Terralíngua é uma empresa com certificação ISO que, com suas soluções de tradução e localização, já ajudou diversas empresas a se globalizarem. Se o seu objetivo em 2017 é ampliar o alcance de sua empresa, acesse nosso site e preencha o formulário de contato para falar com um de nossos representantes no Brasil, nos EUA, ou na Europa.

A tradução e os sistemas de gerenciamento de conteúdo

A tradução e os sistemas de gerenciamento de conteúdo

A tradução e os sistemas de gerenciamento de conteúdoVocê já deve ter ouvido falar no termo CMS (sistema de gerenciamento de conteúdo) caso sua empresa esteja disponibilizando conteúdo de maneira mais ampla e com o intuito de atingir um público global. Embora o conceito de CMS não seja novo, tendo surgido nos anos 1990, ele vem ganhando popularidade devido à grande eficiência que oferece.

Esses sistemas são usados no processo de criação e gerenciamento de conteúdo, utilizando-se da organização das informações para obter mais facilidade de acesso e controle. Eles possibilitam que os usuários participem do processo de praticamente qualquer lugar do mundo, basta que consigam se conectar ao seu sistema por meio de um computador (e tenham autorização para isso).

Os usuários não precisam ter conhecimento de codificação nem precisam entender muito de tecnologia, pois o CMS cuida da tecnologia subjacente e permite que eles se concentrem no conteúdo de fato.

A maioria dos sistemas CMS apresenta recursos de edição, formatação, indexação e controle de revisão. A edição pode ser concluída rapidamente, pois o CMS permite pesquisar e indexar documentos, além de especificar palavras-chave para otimizar os mecanismos de busca.

Se você está planejando globalizar seus sites e localizar seu conteúdo, é importante cogitar o uso de um CMS com suporte para conteúdos multilíngues que ofereça recursos para tarefas de tradução.

O Unicode é normalmente usado em sistemas CMS multilíngues para permitir a compatibilidade com a codificação e a representação de caracteres usados na maioria ou em todos os idiomas em que você negocia, inclusive aqueles com leitura da direita para a esquerda e que não usam o alfabeto romano. Você também pode alternar com facilidade entre diferentes moedas, formatos de hora e de números.

Outro fator importante a ser considerado ao globalizar o conteúdo do sistema de sua empresa é garantir que o CMS tenha uma ferramenta de memória de tradução integrada ou vinculada. Durante a localização de sites ou documentos, essa ferramenta é usada por tradutores profissionais para identificar frases que já tenham sido traduzidas em parte ou na sua totalidade. Isso facilita atualizações e revisões.
Para ajudar na sua decisão, confira detalhes sobre algumas ferramentas de CMS conhecidas.

Joomla!

Joomla! é um aplicativo em código aberto que pode ser usado por todos: de pequenas empresas a grandes corporações.

O Joomla! é ideal para empresas com muitos grupos de usuários que precisam ter acesso de edição a documentos, sem que se perca o controle sobre eles. O aplicativo oferece 66 idiomas, o que significa que você tem uma grande variedade de opções para a localização de sua página on-line. Além disso, atualizar o Joomla! é simples, pois ele oferece um recurso de atualização ativado por apenas um clique.

É possível organizar pastas e arquivos para o seu conteúdo usando a ferramenta Media Manager, que, por ser integrada ao Article Editor, também permite o acesso direto a imagens e quaisquer outros arquivos.

Você não precisa ter conhecimento de codificação para adicionar conteúdo ao site. Para adicionar imagens e fotos, basta arrastá-las e soltá-las. Além disso, você pode escolher um layout entre várias opções. O conteúdo pode ser facilmente encontrado, e as alterações podem ser monitoradas com o uso do controle de versão.

Drupal

O Drupal é outro aplicativo em código aberto para empresas. Ele tem uma interface fácil de usar, o que é bastante prático para os usuários que não têm muito conhecimento sobre HTML. Além disso, apresenta um módulo de tradução baseado na web, o que significa que as traduções são gerenciadas a partir de um local central e que os tradutores não precisam ter conhecimento algum sobre o Drupal.

As traduções concluídas podem ser visualizadas junto a novas informações e conteúdos que exigirem atualização. O conteúdo traduzido usando qualquer ferramenta de tradução pode ser carregado no Drupal.

Ele é ideal quando há grandes quantidades de conteúdo de site e em diferentes idiomas.

DITA

DITA não é exatamente um CMS, é uma ferramenta de criação usada por empresas globais que têm muito conteúdo em diferentes idiomas. Essa ferramenta facilita o controle da redação de brochuras e das atualizações de manuais de instrução.

O conteúdo é redigido em segmentos, de modo que o texto possa ser desenvolvido em etapas até que o trabalho seja concluído. Assim, cada parte pode ser acessada e utilizada novamente sem a necessidade de revisão e substituição da totalidade do conteúdo. Os criadores de conteúdo também têm a vantagem de poder usar o sistema no Microsoft Word, ou seja, sem a necessidade de saber usar XML.

As revisões do conteúdo em DITA também tornam o processo de tradução mais eficiente. Por exemplo, ao atualizar um manual de instruções, você só precisa alterar a tradução do segmento revisado. É uma economia de tempo e dinheiro.

O fator mais importante a ser considerado ao implementar um CMS é garantir que esse sistema seja o melhor para as necessidades atuais e futuras da sua empresa. Ainda que você não esteja traduzindo conteúdo algum no momento, é possível que você conquiste novos mercados que exijam materiais em outros idiomas. Caso tenha dúvidas referentes a sistemas CMS e a traduções, entre em contato com seu parceiro de localização; ele fornecerá auxílio e suporte às suas iniciativas.

______________________________

A Terralíngua é uma empresa de tradução profissional com certificação ISO, especializada em localização e editoração eletrônica. Trabalhamos com muitos dos líderes mundiais do setor. Se desejar falar conosco sobre a comunicação global de sua empresa, acesse nosso site para obter mais informações.

Editoração eletrônica e tradução

Editoração eletrônica e tradução

Editoração eletrônica e traduçãoVocê tem um arquivo em PDF e precisa dele em outro idioma. No orçamento que você recebeu, há um item de editoração eletrônica. O que isso significa?

Projetos de tradução e localização abrangem mais do que uma simples alteração do texto para o público-alvo: eles também incluem adaptações do layout. Ajustar o documento de origem para criar a mesma experiência do usuário em outro idioma exige editoração eletrônica. A editoração eletrônica, ou DTP (desktop publishing), é a utilização de um software de layout que combina texto e imagens. Documentos de editoração eletrônica podem ser usados para impressão comercial ou local ou para distribuição eletrônica, o que inclui arquivos PDF, apresentações de slides, e-mails de boletins informativos, arquivos epub e arquivos da Web (sites em inglês).

Por que é importante

Quando seu fornecedor oferece editoração eletrônica, significa que ele é qualificado para trabalhar com o formato do arquivo de origem e entregar o texto final no mesmo formato. A editoração eletrônica é uma etapa importante na criação da versão localizada de um documento. Leva tempo para formatar adequadamente o texto traduzido no layout, especialmente se as considerações de espaço não tiverem sido feitas com antecedência.

O processo de tradução pode ampliar ou reduzir o texto original. Por exemplo, traduções do inglês para o espanhol têm um fator de expansão de 25%. De modo semelhante, 1.000 palavras em inglês podem corresponder a 1.250 palavras em árabe. Por outro lado, a redução também é um fator a ser considerado. Um total de 1.000 palavras em inglês pode diminuir para 900 palavras em dinamarquês, e traduções do inglês para o finlandês podem diminuir em até 30%.

Para que o documento final tenha a mesma aparência do original, você precisa de alguém com experiência em editoração eletrônica multilíngue que consiga modificar o arquivo de origem e criar um arquivo final pronto para impressão. Nesse caso hipotético, seu PDF foi criado por um software de layout. Existem diversos programas que podem ser usados para criar um PDF, como Word, FrameMaker, Illustrator, QuarkXpress, InDesign, entre outros.

O software original usa o que se conhece como formato de arquivo de origem, que costuma não ser amplamente compartilhado na organização. Um arquivo PDF é o bastante para fins de distribuição e impressão, além de ter um tamanho gerenciável. Já o arquivo de origem (também chamado de arquivo-fonte ou nativo) é usado quando é preciso modificar, revisar ou atualizar o arquivo. Além de o arquivo de origem poder ser bastante grande por conta de elementos gráficos, é possível que ele tenha arquivos de apoio, como fontes. Normalmente, o arquivo de origem pode ser obtido com os artistas gráficos ou com o departamento de publicações da organização.

Mesmo que você tenha apenas um arquivo com a extensão .pdf, um artista gráfico experiente pode recriar o layout. É possível que imagens e fontes sejam necessárias para um resultado final de maior resolução, mas um PDF de qualidade pode ser replicado sem o arquivo de origem. Como isso requer tempo a mais, o melhor é sempre encontrar o arquivo de origem, não apenas visando à qualidade, mas também ao tempo e ao custo.

Se você for investir na tradução profissional de um arquivo, garanta que alguém com experiência trabalhe no layout. O fornecedor de serviços de tradução usará um falante nativo para verificar a disposição do texto no formato final. Talvez você economize encomendando apenas o texto, mas pode acabar com um documento mal sincronizado caso o encarregado por dispor o texto no layout não seja um falante nativo do idioma-alvo. Se quiser que sua versão traduzida seja profissional, a formatação e o texto devem estar impecáveis.

O que está incluso na editoração eletrônica

  • • Alterações em colunas, tabelas e gráficos
  • • Textos relacionados a elementos gráficos e fotos
  • • Alterações de fonte para a correspondência com o idioma-alvo, especialmente para idiomas com leitura da direita para a esquerda, como o árabe e o hebraico
  • • Recriação de arquivos .pdf
  • • Expansão ou redução do layout do texto
  • • O que mais for necessário para que o documento fique bem acabado e profissional

Como posso reduzir os custos

  • • Crie o documento de origem com um design simples e procure não inserir imagens ou muitas fotos em tamanhos diferentes, especialmente quando houver texto relacionado.
  • • Deixe espaço suficiente para a expansão do texto, caso contrário, pode ser necessário reduzir a fonte ou o espaço entre linhas, e o aspecto visual pode não ficar tão próximo do texto original quanto você gostaria.
  • • Para fins de facilidade e consistência, prefira usar folhas de estilos.
  • • Escolha fontes com suporte para os caracteres do idioma-alvo, ou poderá ser necessário substituí-las.

Além disso, forneça todos os arquivos originais, incluindo imagens e fontes de apoio. Ao criar colunas, lembre-se de deixá-las grandes o bastante para acomodar o idioma-alvo, caso contrário elas terão uma aparência desorganizada.

O que mais devo considerar

  • • Pense em como acrônimos e abreviações deverão ser tratados no arquivo final e forneça informações sobre esses termos.
  • • Informe se deseja usar medidas imperiais e métricas lado a lado ou apenas métricas.
  • • Lembre-se de verificar se as informações de contato (endereço, telefone, etc.) são adequadas para o público-alvo ou se deverão ser substituídas.

O mais importante é utilizar os serviços de um fornecedor com experiência em tradução e em editoração eletrônica multilíngue. Ao utilizar uma ferramenta de tradução, como uma memória de tradução, o tradutor precisará exportar o texto e importá-lo corretamente de volta para o layout. Um fornecedor experiente será capaz de fazer isso com perfeição.

De agora em diante, quando você receber seu orçamento de tradução com o item de editoração eletrônica, acreditamos que compreenderá por que esse serviço multilíngue é tão valioso.

A Terralíngua é um fornecedor de serviços de tradução que trabalha com algumas das marcas mais importantes do mundo. Fornecemos serviços de tradução, localização e editoração eletrônica multilíngue, empregando apenas falantes nativos que têm compreensão profunda da cultura do país e são especialistas em suas áreas de atuação. Se você precisa de ajuda para compartilhar sua mensagem em uma plataforma global, acesse nosso site.

A importância de traduzir e localizar seu site

A importância de traduzir e localizar seu site

A importância de traduzir e localizar seu siteExistem 359 milhões de pessoas em todo o mundo que têm o inglês como primeira língua, além de outros milhões cujo idioma é sua segunda língua ou que apresentam algum conhecimento básico dele. Dessa maneira, pode ser tentador para os donos de empresas de diferentes países manterem seus sites em inglês, independentemente do local de atuação. Afinal, com ótimas fotografias do produto e com conteúdo simples, todos os consumidores entenderão do que se trata, certo?

Sim e não. Sim, eles entenderão o que é o produto e onde ele pode ser comprado, mas não, isso não trará popularidade para a marca nem os fidelizará como clientes.

De acordo com Micah Solomon, que escreve para a Forbes, construir uma base de clientes fiéis é a “coisa mais importante que você pode fazer por seu negócio”. Conforme exposto em seu artigo, uma empresa precisa compreender seus consumidores e usar esse conhecimento para construir relacionamentos.

E como isso pode ser feito por meio de seu site? O mais importante é envolver os consumidores com conteúdo digital interessante e relevante, que faça com que eles retornem.

Crie publicações que eles queiram compartilhar, o que significa ter conteúdo de qualidade em vez de frases de efeito que parecem spam. Faça com que eles queiram ler cada palavra.

Use recursos visuais, como fotografias, vídeos ou infográficos juntamente com o texto. As pessoas costumam reagir bem a eles. Lynell Burmark é especialista no uso de recursos visuais e autora de um livro chamado “Visual Literacy, Learn to See, See to Learn” (“Alfabetização visual, aprenda a ver, veja para aprender” em tradução livre, ainda não publicado no Brasil). Ela afirma que recursos visuais são processados pelo cérebro 60.000 vezes mais rapidamente do que textos e que usar cores aumenta a retenção em 75%. Isso faz com que uma apresentação visual seja uma ferramenta de marketing poderosa, além de uma ótima maneira de se destacar.

Aproveite ao máximo as mídias sociais. Crie uma página no Facebook para sua empresa e use-a para promover suas mercadorias ou seus serviços e para interagir com os consumidores. Se eles perguntarem algo, responda o mais rápido possível, pois, assim, sua empresa conquistará a reputação de receptiva às necessidades dos consumidores.

Traduza seu site e sua página no Facebook. Retomando o que foi dito no início do artigo, além do conteúdo, a tradução é um dos aspectos mais importantes para o seu negócio, principalmente se você deseja ser bem-sucedido em um mercado globalizado. Trabalhe com uma empresa de tradução profissional que utilize falantes nativos. Eles não apenas saberão a melhor maneira de criar o texto no idioma de chegada, como também saberão usar a linguagem correta para que o texto resultante não se pareça com uma tradução.

Localize o conteúdo. Conheça a cultura dos consumidores de outros países e saiba do que eles gostam e do que não gostam, além do que eles esperam de você. Use o Facebook ou outros sites de mídia social equivalentes no país para se comunicar no próprio idioma deles, respeitando sua cultura.

Não esqueça que, ao escrever o texto, a relevância cultural é de extrema importância. Por exemplo, usar conteúdo relacionado a mulheres dirigindo ou à beleza da cor branca para fazer negócios na Arábia Saudita ou na China pode trazer consequências desastrosas a seus relacionamentos de negócios futuros. Isso porque as mulheres não dirigem na Arábia Saudita, e o branco simboliza luto e má sorte para os chineses.

A fidelidade do cliente é construída por meio de conhecimento e confiança. Traduzir e localizar seu site de modo profissional é o primeiro passo para conquistar uma base de clientes fiéis e para posicionar seus produtos de maneira adequada em um mercado global.

A Terralíngua é uma agência especializada em tradução e localização e pode ajudar sua empresa a criar um plano para potencializar seu conteúdo localizado. Trabalhamos com algumas das marcas líderes mundiais e podemos ajudá-lo a se comunicar com eficiência em um ambiente global. Acesse nosso site para obter mais informações.

Expandindo globalmente seus horizontes

Expandindo globalmente seus horizontesExpandir as oportunidades de negócios para novos mercados é sempre um foco de atenção das empresas internacionais. Com a economia chinesa desacelerando e a Rússia em um período de retração econômica, é hora de identificar os promissores mercados emergentes de 2015.

De acordo com um artigo de Ian Bremmer publicado na Fortune.com, mesmo que a China ainda seja atraente para os negócios, existem outros mercados com os elementos perfeitos para expansão. Estabilidade, crescimento sustentável e bom controle são os itens que Bremmer aconselha buscar quando se deseja investir em mercados emergentes. Destacaremos duas de suas recomendações: a Colômbia, na América do Sul, e a Polônia, na Europa Central.

Colômbia

A Colômbia pode ser conhecida pelas guerras do tráfico e por grupos rebeldes de esquerda, mas desde que as negociações de paz iniciaram em 2012, ficou estabelecido um acordo entre o governo colombiano e o grupo rebelde FARC para este ano. A Colômbia tem agora uma economia em expansão e um governo estável, liderado pelo Presidente Juan Manuel Santos.

Idioma

O idioma oficial da Colômbia é o espanhol, mas também existem mais de 60 línguas indígenas e diversos dialetos no país.

Investimento

A economia colombiana teve um crescimento rápido entre 2013 e 2014, embora ele tenha desacelerado recentemente devido à queda nos preços do petróleo. No entanto, conforme a Reuters noticiou em fevereiro, isso não impediu novos investimentos. O grupo Heineken recentemente entrou em acordo com a fabricante de refrigerantes Postobón para que produzam e vendam Heineken por meio de sua afiliada chilena. O Google também deve investir seu capital em diversos países da América do Sul, com o objetivo de diminuir a exclusão digital, conforme a Fox News.

Polônia

Segundo o relatório da firma global de consultoria em gestão McKinsey & Company, a Polônia pode se tornar um agente mundial com uma desenvolvida economia europeia na próxima década.

Com a queda do regime comunista há 25 anos e a entrada na Comunidade Europeia em 2004, a Polônia prosperou como uma economia de mercado bem-sucedida. O país agora está livre das restrições impostas pelo controle do estado. No começo de 2014, a Bloomberg divulgou que a Polônia foi eleita o melhor país para fazer negócios entre todas as nações da Europa Oriental e da Ásia Central.

Idioma

O idioma oficial da Polônia é o polonês, que é falado como uma segunda língua em partes da Ucrânia, Lituânia e República Tcheca.

Investimento

Os investidores são encorajados pelos esforços do governo em melhorar a infraestrutura, o que contou com o auxílio de uma injeção massiva de recursos da União Europeia. A Polônia quer substituir e aprimorar suas fontes de energia obsoletas, o que inclui a introdução de construções energicamente eficientes e fontes de energia renováveis. As melhorias na infraestrutura de transporte estão em curso, incluindo o Corredor Báltico–Adriático e o Corredor Mar do Norte–Báltico, e ligarão estradas, ferrovias e portos.

A importância da tradução para os negócios

Para qualquer empresa que planeje investir na Colômbia e na Polônia, é essencial que os materiais publicitário, jurídico e de marketing sejam traduzidos de maneira profissional para o idioma de chegada. Um tradutor nativo e profissional, que vive ou viveu no país em que você deseja fazer negócios, estará familiarizado com o idioma e conhecerá coloquialismos e expressões idiomáticas, os quais são fundamentais para a comunicação com os clientes por meio das redes sociais.

A Terralíngua é uma empresa de tradução capaz de dar apoio ao seu negócio global. Fornecemos serviços de tradução e localização para algumas das marcas mais importantes do mundo. Acesse nosso site e entre em contato ainda hoje para discutir suas necessidades.

Por que o uso da análise de dados melhorará seu negócio

Por que o uso da análise de dados melhorará seu negócio

Por que o uso da análise de dados melhorará seu negócioUma recente postagem do blog da Forbes sobre Big Data afirma que, apesar de as empresas que usam análise de dados terem uma probabilidade maior de obter aumento de lucro, muitas delas simplesmente não querem adotar a mudança.

Essas empresas pensam que a análise de dados é muito complicada ou adotam uma atitude do tipo “em time que está ganhando não se mexe” em relação à sua estratégia de marketing e, por isso, não estabelecem um sistema que é, na verdade, uma mina de informações valiosas.

A verdade é que a análise de dados pode ser imensamente benéfica para seus negócios. Mesmo que você resista a confiar na tecnologia digital, ela já tem seu papel definido no mundo comercial e deve ser usada juntamente com a equipe de vendas.

A análise de marketing digital ajudará você a restringir o público-alvo e fornecerá as informações necessárias para que sua empresa mantenha os clientes envolvidos com sua marca. Sim, as pessoas ainda querem se comunicar com pessoas de verdade, ou seja, a tecnologia não representa o fim da equipe de vendas. Na verdade, ela faz com que as equipes conheçam melhor as pessoas para as quais estão vendendo.

Pensemos no caso das redes sociais. Elas são um dos melhores lugares para conhecer a opinião do consumidor e observar as tendências, além de também ser possível saber como seus concorrentes estão se saindo. Outras análises informam onde os consumidores vivem, no que gastam seu dinheiro extra e quais são seus interesses e hobbies.

A análise de dados também pode fornecer resultados de campanhas de marketing anteriores. Ela pode mostrar o que funcionou e o que não funcionou, o que provavelmente terá sucesso e o que pode necessitar de mudanças devido a aspectos como diferenças geográficas ou fatores econômicos dentro de um grupo de consumidores específico.

Depois de coletar as informações, você deve escolher uma plataforma para sua campanha. Seja por e-mail, SMS ou mala direta, você sabe que o público-alvo provavelmente terá interesse em seu produto ou serviço, pois você moldou sua campanha para esse público específico.

Um artigo publicado em 2012 no The Ivey Business Journal afirma que o Big Data cria percepções valiosas que permaneceriam ocultas caso ele não fosse utilizado. Mesmo assim, dois anos e meio depois, algumas empresas ainda continuam paradas no tempo.

A criação de um ecossistema de dados melhorará a reputação da sua marca e aumentará os lucros porque você estará em sintonia com a opinião do cliente. Sua empresa também estará mais propensa a manter leais os clientes atuais e a atrair novos clientes.

Se sua empresa for global, as campanhas de marketing precisarão ser traduzidas e localizadas para que atinjam o público-alvo. Para garantir que os clientes em outro país entendam claramente sua marca, a habilidade de expressá-la no idioma local será essencial. A localização profissional de sua mensagem resultará na confiança e segurança dos clientes em relação a seu produto ou serviço, pois eles estarão cientes de que sua empresa se comprometeu de verdade com a cultura deles.

A análise de dados ajudará você a entender melhor tanto os clientes atuais quanto os potenciais, e isso resultará em maior lucro.

A Terralíngua é um fornecedor de traduções com certificação ISO que pode ajudar você a colocar sua empresa em uma plataforma global. Fornecemos serviços de tradução e localização para algumas das marcas mais importantes do mundo. Acesse nosso site e utilize os meios de contato da seção “Fale conosco” para nos encaminhar suas necessidades de tradução ou localização.

Tradução de expressões idiomáticas

Tradução de expressões idiomáticas

Tradução de expressões idiomáticasA tradução de expressões idiomáticas de uma língua para outra é uma das tarefas mais difíceis enfrentadas por um tradutor. Ao contrário de outros problemas de tradução, nos quais um tradutor que tem excelente conhecimento tanto do idioma-fonte quanto do idioma-alvo pode mudar as palavras para que soem naturais de um idioma para outro, isso não é possível com expressões idiomáticas. Portanto, ao criar um conteúdo que será localizado, as expressões idiomáticas são frequentemente evitadas.

Em seu livro In Other Words (Em outras palavras), a Dra. Mona Baker, professora de Estudos de tradução da Universidade de Manchester, no Reino Unido, diz que expressões idiomáticas são “padrões congelados da linguagem que permitem pouca ou nenhuma variação na forma e frequentemente trazem significados que não podem ser deduzidos a partir dos seus componentes individuais”.

As expressões idiomáticas estão intimamente ligadas à cultura do país. Essas expressões únicas podem tornar o aprendizado de um idioma mais interessante e divertido.

Um bom exemplo disso seriam as expressões idiomáticas sinônimas “resolver um pepino” ou “descascar o abacaxi”. Essas expressões são usadas frequentemente para dizer que alguém precisa resolver um problema, em que “pepino” e “abacaxi” tomam a ideia de “problema”. As expressões idiomáticas são utilizadas frequentemente na literatura, na poesia, no cinema e no teatro. Carlos Drummond de Andrade introduziu várias expressões idiomáticas na língua portuguesa. Algumas delas incluem expressões bem conhecidas como “uma pedra no meio do caminho” e “e agora José?”.

As expressões idiomáticas transmitem um significado que só pode ser compreendido por um ser humano. Se você utilizar uma ferramenta de tradução automática em seu computador e colocar as palavras “resolver um pepino”, ela indicará uma tradução literal que não fará muito sentido em outras culturas. Esse exercício prova a importância da tradução de textos por seres humanos em relação a resultados automatizados.

Então, como traduzir expressões idiomáticas? Conforme Mona Baker, há quatro métodos de tradução. O primeiro é encontrar uma expressão semelhante no idioma-alvo, com o mesmo significado e forma. Um bom exemplo é “nove em cada dez vezes”, que é uma expressão idiomática usada em muitos países diferentes, inclusive de língua inglesa e espanhola.

O segundo é utilizar uma expressão com o mesmo significado, mas de uma forma diferente. Aqui, a expressão em português “preços nas alturas” tem o mesmo significado em inglês e espanhol, mas a forma é diferente.
O terceiro método é através do parafraseamento, no qual o significado da expressão idiomática no idioma-fonte é transmitido por uma expressão que transmite o significado, mas não usa uma expressão idiomática. Jogo de gigantes, que em português quer dizer um jogo entre partes importantes ou bastante qualificadas, não é uma expressão idiomática em inglês nem em espanhol, e tem de ser explicada usando outras palavras adequadas no idioma-alvo para que o significado seja entendido.

O quarto método é a omissão, que, segundo Mona Baker, não deve ser utilizado com muita frequência, somente quando os outros três métodos não puderem ser utilizados. Isso por que a expressão não será fiel ao conteúdo de origem.

As expressões idiomáticas são usadas no português comercial, e é possível que você já tenha se deparado com alguns dos seguintes exemplos:
• Mudar as regras do jogo – Mudar as regras ou as condições de um acordo.
• Estar a par – Estar ciente de novos métodos e ideias que possam melhorar os negócios.
• Assistir (ficar) de braços cruzados – Alguém que observa a situação em vez de ser parte ativa dela.
• Pisar na bola – Cometer um erro.
• Conforme o esperado – Típico.
• Golpe baixo – Uma ação prejudicial para uma pessoa ou empresa.
• Ir direto ao assunto – Passar para a parte importante.

Assim como:
• Estar no mesmo barco – Compartilhar a mesma situação.
• Vir a calhar – Acontecer no momento certo.
• Mover mundos e fundos – Fazer o possível para atingir um objetivo.
• Pensar fora da caixa – Não considerar os fatos de um único ângulo ou perspectiva.

No caso de expressões idiomáticas existentes em materiais que você deseja localizar, uma agência de tradução profissional é um excelente recurso que poderá aconselhar e orientar você.

O seu provedor de serviços linguísticos tem "a coisa certa"?

O seu provedor de serviços linguísticos tem “a coisa certa”?

O seu provedor de serviços linguísticos tem "a coisa certa"? Traduzir não é só interpretar palavras que acabaram de ser ditas ou o texto escrito em outro idioma. É uma conversão que mantém intactos essência, tom, intenção, referências culturais e outras nuances. Saber dois ou mais idiomas não qualifica automaticamente uma pessoa a tornar-se um tradutor. Trata-se de um trabalho difícil e que requer habilidades específicas, especialmente nos casos em que exige um conhecimento técnico prévio.

Saiba do que você precisa

A escolha de palavras é importante, especialmente no caso de tradução e interpretação. Muitas pessoas utilizam esses termos indiscriminadamente. Porém, suas funções são muito diferentes, já que tradutores trabalham com a comunicação escrita, e os intérpretes com a comunicação oral. Ambos desempenham um papel importante nos negócios globais e podem ajudar as empresas a expandirem seu público. Eles têm a função de transmitir informações de modo preciso e ajudar a desenvolver e a aprimorar a comunicação com potenciais clientes de diferentes países e meios culturais. Certifique-se de estar encomendando o serviço certo ao selecionar um provedor. Mesmo que alguém seja um ótimo comunicador oral, não significa que essa pessoa será capaz de produzir um texto escrito. Os intérpretes têm mais flexibilidade trabalhando em tempo real, enquanto tradutores precisam ser mais precisos e, se forem profissionais, trabalharão com um editor.

Tudo depende das habilidades

Muitas vezes, as habilidades de um tradutor são difíceis de serem reveladas, até que você esteja com problemas. Mesmo que alguém pareça bom no papel, pode não ser capaz de desempenhar um bom trabalho sob pressão de um prazo ou de uma exigência específica. É aqui que a habilidade que uma agência tem para testar e avaliar o profissional se torna imprescindível. Boas agências completaram essa etapa de acordo com seus padrões de qualidade. Certifique-se de que sua agência inclui essa importante etapa em seu processo. Quais habilidades devem ser testadas?

• O entendimento e conhecimento não somente do idioma de origem, mas também do idioma de destino e seus conceitos culturais envolvidos.

• O talento para utilizar materiais de referência como dicionários, materiais culturais, a literatura escrita naquele determinado idioma.

• A capacidade de escrever de acordo com o público-alvo.

• A capacidade de manter viva a essência original do idioma.

• Um falante nativo capaz de capturar os ritmos e as nuances da linguagem.
• A capacidade de utilizar ferramentas com memória de tradução e as tecnologias mais atuais.

A presença de um tradutor com habilidades comprovadas e verdadeiras é um bem valioso para seu negócio. Todavia, encontrar tradutores de qualidade em todos os cenários e combinações de idioma pode ser uma tarefa demorada se você não tiver uma agência de confiança como parceira. Selecionar uma agência que mantém padrões elevados para os tradutores dará a você paz de espírito, por saber que seu conteúdo localizado foi escrito com “a coisa certa” em mente.

Como a cultura se relaciona com as traduções

O que a cultura tem a ver com as traduções

O que a cultura tem a ver com as traduçõesO conceito de tradução não existe no vácuo. É uma noção que existe invariavelmente em um meio cultural, especialmente relevante para empresas de olho em novos mercados com culturas diferentes. Por exemplo, se você desejar traduzir do inglês para o espanhol, as palavras e expressões traduzidas devem ser culturalmente compatíveis, pois a tradução literal pode parecer ridícula ou não fazer sentido nenhum.

Necessidade de tradução para idiomas locais

Empresas multinacionais de grande porte que querem alcançar diversas culturas têm necessidades indispensáveis de tradução. Embora o inglês seja um idioma quase universal, as empresas traduzem seu material promocional para vários idiomas porque precisam se difundir em diferentes culturas e estabelecer um conexão com seus vários clientes.

Assim sendo, quase todas as empresas querem que seus folhetos e manuais sejam traduzidos do inglês para o espanhol, chinês, árabe, francês, alemão, russo, hindi e diversos outros idiomas. Os serviços de tradução ajudam nas estratégias promocionais de uma empresa.

As empresas mais bem-sucedidas são aquelas que não apenas podem alcançar o mercado internacional, mas também causar impacto. O idioma é um grande obstáculo para se estabelecer a estratégia promocional certa. No entanto, o mesmo idioma pode se tornar um ativo para a empresa com o serviço de tradução certo, que permite aos clientes uma compreensão mais essencial dos produtos através de sua língua materna.

Evitando erros de tradução

Erros de tradução podem ser engraçados, mas tem o potencial de resultar em grandes perdas para a empresa representada pela tradução. Sua imagem pode sofrer danos dos quais será difícil se recuperar a curto prazo. Erros de tradução dizem a coisa errada. Eles indicam que você não somente realizou a tradução de qualquer jeito, mas também que está apenas atrás de dinheiro. A tradução do inglês para o espanhol ou para qualquer outro idioma deve refletir fielmente os modos da cultura de destino para se comunicar de forma significativa.

O tradutor deve ter em mente também que a tradução literal, palavra por palavra, pode mudar o significado de uma mensagem. Em casos que envolvam traduções técnicas, muitas vezes, um dicionário pode não ser de muita ajuda. Os tradutores devem estar conscientes das variações regionais em diferentes dialetos. Por exemplo, a tradução da palavra “bus” em inglês para o espanhol é “autobus”, mas se torna “guagua” no espanhol usado em Porto Rico.

A tradução literal muitas vezes distorce o significado em proporções absurdas. Por exemplo, o menu em um restaurante suíço traduzido para inglês dizia “Nossos vinhos não deixam esperança alguma”. Certamente, tudo o que ele queria dizer era que os vinhos do restaurante são tão bons que nada se compara à experiência de bebê-los.

Lidando com a incompatibilidade cultural

A incompatibilidade cultural é uma questão frequentemente enfrentada em traduções, não apenas em traduções do inglês para o espanhol, mas em quase todas as traduções. Marcas e produtos muitas vezes chegam a um novo país sem uma compreensão clara da cultura da região. A tradução de gírias é muitas vezes a questão mais problemática. Portanto, deve-se dar preferência a tradutores naturais da cultura à qual os produtos serão apresentados. Além disso, o trabalho que realizam deve passar por diversos filtros antes da adoção final.

Alcançando seu público alvo da forma certa

Quando precisa alcançar seu público internacional, você deve ultrapassar os obstáculos do idioma e da cultura de forma eficiente. É óbvio que a tradução tem um papel muito importante nesta tarefa. A tradução não deve parecer uma tradução, mas uma comunicação direta. Por exemplo, a sua tradução de inglês para espanhol não deve parecer uma tradução para o público local. Ele deve percebê-la como uma comunicação direta da empresa local.

Um pequeno erro pode ser imensamente embaraçoso e a conexão com o público alvo perdida no ato. Por exemplo, “Tegro”, um produto voltado à perda de peso, estava prestes a ser apresentado ao mercado francês quando descobriu-se que parecia com “tes’gros”, que significa “você é gordo”!

Como a cultura se relaciona com as traduções

Como a cultura se relaciona com as traduções

Como a cultura se relaciona com as traduçõesA tradução não é um conceito vazio. Antes disso, a tradução é uma noção que existe invariavelmente em um meio cultural e que é especialmente relevante para empresas globais em busca de novos destinos culturais. Por exemplo, se você desejar traduzir do inglês para o espanhol, as palavras e expressões traduzidas devem ser culturalmente compatíveis, pois a tradução literal pode, algumas vezes, parecer ridícula ou não fazer sentido nenhum.

Necessidade de tradução para idiomas locais

Grandes empresas multinacionais que desejam alcançar diferentes culturas têm necessidades imprescindíveis de tradução. Embora o inglês seja um idioma quase universal, as empresas traduzem seu material promocional para vários idiomas porque precisam se difundir em diferentes culturas e estabelecer uma conexão com seus diversos clientes.

Dessa forma, quase todas as empresas desejam que as brochuras e os manuais de seus produtos sejam traduzidos do inglês para o espanhol, chinês, árabe, francês, alemão, russo, hindi e diversos outros idiomas. Os serviços de tradução ajudam nas estratégias promocionais de uma empresa.

As empresas mais bem-sucedidas são aquelas capazes de não apenas alcançar o mercado internacional, mas também causar impacto. O idioma é um grande obstáculo para se estabelecer a estratégia promocional certa. No entanto, o mesmo idioma pode se tornar um ativo para uma empresa com o serviço de tradução certo, que permitirá aos clientes uma compreensão mais essencial dos produtos por meio da sua língua materna.

Evitando erros de tradução

Erros de tradução podem ser engraçados, mas também podem resultar em grandes perdas para a empresa representada pela tradução. A imagem da empresa pode sofrer danos de difícil recuperação a curto prazo. Erros de tradução dão a mensagem errada. Eles indicam que você não apenas realizou a tradução sem tomar o devido cuidado, mas também que está apenas atrás de dinheiro. A tradução do inglês para o espanhol ou para qualquer outro idioma deve refletir fielmente a questão cultural do idioma de destino para se comunicar de forma significativa.

O tradutor deve ter em mente também que a tradução literal, palavra por palavra, pode mudar o significado de uma mensagem. Muitas vezes, um dicionário pode não ser de muita ajuda em casos que envolvam traduções técnicas. Os tradutores devem estar cientes das variações regionais em diferentes dialetos. Por exemplo, a tradução da palavra “bus” em inglês para o espanhol é “autobus”, mas se torna “guagua” no espanhol falado em Porto Rico.

A tradução literal muitas vezes distorce o significado em proporções absurdas. Por exemplo, o cardápio de um restaurante suíço traduzido para inglês dizia: “Nossos vinhos não deixam esperança alguma”. Certamente, a intenção era afirmar que os vinhos do restaurante são tão bons que nada se compara à experiência de bebê-los.

Lidando com a incompatibilidade cultural

A incompatibilidade cultural é um desafio frequente em traduções, não apenas do inglês para o espanhol, mas em quase todos os idiomas. Marcas e produtos muitas vezes chegam a outro país sem uma compreensão clara da cultura da região. Frequentemente, a tradução de gírias é a questão mais problemática. Portanto, deve-se dar preferência a tradutores nativos da cultura à qual os produtos serão introduzidos. Além disso, a tradução deve passar por diversos filtros antes da adoção final.

Alcançando seu público-alvo da forma certa

Ao ter de alcançar seu público-alvo internacional, você precisa passar por cima dos obstáculos do idioma e da cultura de forma eficiente. Obviamente, a tradução exerce um papel muito importante nessa tarefa. A tradução não deve parecer uma tradução, e sim, uma comunicação direta. Por exemplo, a sua tradução do inglês para o espanhol não deve soar como uma tradução para o nativo da região, ele deve percebê-la como uma comunicação direta da empresa local.

Um pequeno erro pode ser muito embaraçoso, e a conexão com o público-alvo é perdida no ato. Por exemplo, “Tegro”, um produto voltado à perda de peso, estava prestes a ser apresentado ao mercado francês quando foi descoberto que o nome soava como “tes’gros”, que significa “você é gordo”!