Certificação ISO
Traduzimos palavras em negócios
Tradução de expressões idiomáticas
por Terralíngua      Publicado em  março 20, 2014
00

Tradução de expressões idiomáticasA tradução de expressões idiomáticas de uma língua para outra é uma das tarefas mais difíceis enfrentadas por um tradutor. Ao contrário de outros problemas de tradução, nos quais um tradutor que tem excelente conhecimento tanto do idioma-fonte quanto do idioma-alvo pode mudar as palavras para que soem naturais de um idioma para outro, isso não é possível com expressões idiomáticas. Portanto, ao criar um conteúdo que será localizado, as expressões idiomáticas são frequentemente evitadas.

Em seu livro In Other Words (Em outras palavras), a Dra. Mona Baker, professora de Estudos de tradução da Universidade de Manchester, no Reino Unido, diz que expressões idiomáticas são “padrões congelados da linguagem que permitem pouca ou nenhuma variação na forma e frequentemente trazem significados que não podem ser deduzidos a partir dos seus componentes individuais”.

As expressões idiomáticas estão intimamente ligadas à cultura do país. Essas expressões únicas podem tornar o aprendizado de um idioma mais interessante e divertido.

Um bom exemplo disso seriam as expressões idiomáticas sinônimas “resolver um pepino” ou “descascar o abacaxi”. Essas expressões são usadas frequentemente para dizer que alguém precisa resolver um problema, em que “pepino” e “abacaxi” tomam a ideia de “problema”. As expressões idiomáticas são utilizadas frequentemente na literatura, na poesia, no cinema e no teatro. Carlos Drummond de Andrade introduziu várias expressões idiomáticas na língua portuguesa. Algumas delas incluem expressões bem conhecidas como “uma pedra no meio do caminho” e “e agora José?”.

As expressões idiomáticas transmitem um significado que só pode ser compreendido por um ser humano. Se você utilizar uma ferramenta de tradução automática em seu computador e colocar as palavras “resolver um pepino”, ela indicará uma tradução literal que não fará muito sentido em outras culturas. Esse exercício prova a importância da tradução de textos por seres humanos em relação a resultados automatizados.

Então, como traduzir expressões idiomáticas? Conforme Mona Baker, há quatro métodos de tradução. O primeiro é encontrar uma expressão semelhante no idioma-alvo, com o mesmo significado e forma. Um bom exemplo é “nove em cada dez vezes”, que é uma expressão idiomática usada em muitos países diferentes, inclusive de língua inglesa e espanhola.

O segundo é utilizar uma expressão com o mesmo significado, mas de uma forma diferente. Aqui, a expressão em português “preços nas alturas” tem o mesmo significado em inglês e espanhol, mas a forma é diferente.
O terceiro método é através do parafraseamento, no qual o significado da expressão idiomática no idioma-fonte é transmitido por uma expressão que transmite o significado, mas não usa uma expressão idiomática. Jogo de gigantes, que em português quer dizer um jogo entre partes importantes ou bastante qualificadas, não é uma expressão idiomática em inglês nem em espanhol, e tem de ser explicada usando outras palavras adequadas no idioma-alvo para que o significado seja entendido.

O quarto método é a omissão, que, segundo Mona Baker, não deve ser utilizado com muita frequência, somente quando os outros três métodos não puderem ser utilizados. Isso por que a expressão não será fiel ao conteúdo de origem.

As expressões idiomáticas são usadas no português comercial, e é possível que você já tenha se deparado com alguns dos seguintes exemplos:
• Mudar as regras do jogo – Mudar as regras ou as condições de um acordo.
• Estar a par – Estar ciente de novos métodos e ideias que possam melhorar os negócios.
• Assistir (ficar) de braços cruzados – Alguém que observa a situação em vez de ser parte ativa dela.
• Pisar na bola – Cometer um erro.
• Conforme o esperado – Típico.
• Golpe baixo – Uma ação prejudicial para uma pessoa ou empresa.
• Ir direto ao assunto – Passar para a parte importante.

Assim como:
• Estar no mesmo barco – Compartilhar a mesma situação.
• Vir a calhar – Acontecer no momento certo.
• Mover mundos e fundos – Fazer o possível para atingir um objetivo.
• Pensar fora da caixa – Não considerar os fatos de um único ângulo ou perspectiva.

No caso de expressões idiomáticas existentes em materiais que você deseja localizar, uma agência de tradução profissional é um excelente recurso que poderá aconselhar e orientar você.

Tópicos do Blog