Certificação ISO
Traduzimos palavras em negócios
A ferramenta mais importante de um tradutor (e por que ela precisa ser compartilhada com você)
por Terralíngua      Publicado em  Janeiro 20, 2017
00

A ferramenta mais importante de um tradutor (e por que ela precisa ser compartilhada com você)Mais um ano começa e, com ele, surgem novos mercados e produtos. É possível que tenha sido incumbida a você a tarefa de solicitar orçamentos de tradução para atualizar o material da sua empresa em outros idiomas. Se esse for o caso, é preciso saber que, provavelmente, os fornecedores com quem você entrar em contato vão perguntar se você já tem uma memória de tradução. Como você não quer se preocupar com mais uma coisa a ser adquirida, a tentação de responder “não” pode ser grande.

Mas por que você deveria verificar antes de responder?

Se o material da sua empresa tiver sido traduzido por tradutores profissionais, existe uma grande probabilidade de eles terem usado uma ferramenta de tradução assistida por computador (ou CAT, do inglês Computer-assisted translation). Esse tipo de ferramenta é usado — ou ao menos deveria ser — por todos os tradutores profissionais. É importante dizer que não se trata de uma ferramenta de tradução automática, pois é preciso ter um recurso humano para traduzir o conteúdo.

E por que ela é a ferramenta mais importante de todas? Se seus tradutores tiverem acesso a ela, eles sempre poderão entregar trabalhos de qualidade. Com ela, eles podem criar uma memória de tradução (ou TM, do inglês translation memory) — um recurso que funciona como um banco de dados —, garantindo que a mesma terminologia seja usada nos próximos trabalhos e economizando tempo com trechos repetidos. Essa memória pode ser exportada para um arquivo que pode ser compartilhado com sua empresa.

Há diversas ferramentas CAT disponíveis no mercado, mas as mais usadas são o SDL Trados, o memoQ, o Across e o Wordfast. Ao se comunicar com você, talvez seu fornecedor use o nome da marca em vez de “ferramenta CAT” ou “TM”. Mesmo que você não tenha o software, é importante guardar uma cópia da memória para sua segurança e para compartilhá-la com os outros fornecedores caso seja preciso.

É bem provável que o tradutor não envie uma cópia da memória se o cliente não pedir. Alguns tradutores não compartilham os arquivos nem se o cliente solicitar, o que não é nada certo. É por isso que, na hora de escolher um fornecedor de traduções, é muito importante saber se a memória de tradução será enviada caso seja solicitada.

Se o tradutor não disponibilizar uma cópia, sua empresa basicamente será feita refém desse fornecedor, principalmente se o volume do trabalho realizado for grande. Esse tradutor sempre terá uma vantagem injusta ao lhe passar um orçamento, pois o tempo necessário para realizar a tarefa e os trechos repetidos podem dar a ele uma oportunidade que outros não terão. Sem essa vantagem, o preço estipulado por outros fornecedores pode não ser a melhor opção. Mas se você puder disponibilizar a mesma memória de tradução para todos os fornecedores, todos partirão do mesmo patamar.

Quais são os fatores que fazem da memória de tradução uma ferramenta tão essencial?

Velocidade

Usar um software de tradução ajuda a acelerar a produtividade. Em termos simples, isso quer dizer que o software armazena palavras e trechos de projetos de tradução anteriores e os reaproveita em outros documentos. Ao usar uma ferramenta com essa memória, o tradutor não precisa mais realizar tarefas repetitivas, pois ele poderá consultar trabalhos anteriores e similares com facilidade e, consequentemente, entregará o trabalho final mais rapidamente.

Consistência

As ferramentas de tradução também ajudam a manter a consistência. Os textos que já tiverem sido traduzidos podem ser reaproveitados com alguns cliques. O conteúdo dos produtos e a terminologia usada neles podem ser resgatados da TM, contribuindo para a consistência com os documentos já traduzidos.

Qualidade

Outra vantagem das ferramentas CAT disponíveis é que todas elas vêm com um recurso integrado de verificação de erros, o que aumenta ainda mais o nível de garantia de qualidade.

Custos reduzidos

As correspondências de trechos repetidos localizadas pelas ferramentas podem ser oferecidas por uma tarifa reduzida. Se o texto estiver na memória de tradução, é possível trabalhar com tarifas mais baixas em vez de pagar o preço normal por palavra. Por exemplo, sua empresa desenvolve um manual de instruções que será distribuído em vários países e decide investir na tradução desse material. Algum tempo depois, vocês lançam um produto semelhante que terá um manual com praticamente o mesmo conteúdo do primeiro. Usando a memória de tradução, o texto que se repetir nos manuais será reaproveitado, e sua empresa economizará um bom dinheiro no segundo manual.

Como você pode ver, as ferramentas CAT e a memória de tradução produzida por elas são importantes não só para seu fornecedor, mas também para sua empresa. Todas as palavras do texto-fonte e do texto-alvo nas quais sua empresa investiu estarão organizadas em um registro criado por essa memória. Mesmo que você não consiga abrir o arquivo, ele continuará sendo um acervo rico com diversos recursos preciosos.

______________________________

A Terralíngua é uma empresa de tradução profissional com certificação ISO, especializada em localização e editoração eletrônica. Trabalhamos com empresas líderes dos principais setores mundiais e teremos o prazer de ajudar em suas necessidades de tradução. Visite nosso site para obter mais informações e solicitar um orçamento de tradução.

Tópicos do Blog