Arquivos classificados: tradução

Como a centralização de suas traduções pode ajudar a sua empresa

Como a centralização de suas traduções pode ajudar a sua empresa

Como a centralização de suas traduções pode ajudar a sua empresaO processo de centralização de traduções envolve a localização de grandes quantidades de conteúdo de uma parte da empresa. Depois de reunir todo o seu conteúdo em uma única seção de negócio, você descobrirá que é muito mais fácil gerenciar e traduzir esse conteúdo de acordo com seus requisitos. A intenção ao disponibilizar o conteúdo em outros idiomas é permitir que pessoas de outras partes do mundo tenham acesso fácil ao conteúdo on-line da sua empresa. E, para que isso ocorra, as empresas de tradução precisam se concentrar em vários projetos simultaneamente.

Ao apresentar um conteúdo em um site, especialmente quando o objetivo for usar essa via para comercializar bens e serviços, você descobrirá que é preciso fazer com que o leitor final se sinta confortável. Isso porque esses leitores serão os consumidores dos seus produtos, caso seu conteúdo seja orientado para negócios. Além disso, fornecer instruções para a utilização de seus produtos em diferentes idiomas evitará bastante trabalho e outros problemas relacionados ao uso, o que, por sua vez, garante a satisfação do cliente e uma nova compra de produtos da empresa.

A importância de escolher o LSP adequado

Os provedores de serviços de idiomas (também chamados de LSP, do inglês Language Service Providers) são as organizações que auxiliam no fornecimento de serviços de tradução e localização. Alguns desses LSPs, porém, apresentam algumas desvantagens, como a de não ser capaz de processar grandes volumes de dados de uma só vez, por exemplo. Em vez disso, eles se especializam em projetos individuais, o que significa que sua empresa teria de trabalhar simultaneamente com vários LSPs a fim de processar todas as informações a serem traduzidas e disponibilizadas na internet.

Portanto, as empresas precisam ser cuidadosas para escolher o LSP certo. Se houver empresas que consigam gerenciar dados em massa, elas representam a contratação ideal, desde que os padrões de qualidade sejam mantidos. Caso contrário, você precisará gerenciar negociações diferentes e simultâneas, o que é necessário, embora possa ser um tanto difícil.

Como a centralização funciona?

A centralização é um processo no qual é feita a localização de todos os projetos ou acervos da organização em uma única unidade de gerenciamento. Isso é útil uma vez que equipes individuais podem se envolver nos trabalhos que lhes foram atribuídos e acabar não se concentrando no acúmulo e na entrega de qualquer outro projeto. Uma empresa só pode funcionar se cada unidade individual for totalmente funcional e conseguir gerenciar a si mesma para atender aos prazos de todos os clientes.

A disponibilização do conteúdo na internet pode se tornar uma tarefa confusa devido à grande quantidade de informações que precisam alcançar diferentes destinos. Isso ocorre especialmente com empresas de tradução, uma vez que sua principal área de experiência é lidar com dados e processá-los de maneira a fornecer boa qualidade do ponto de vista do leitor final.

Vantagens de centralizar suas traduções

A razão pela qual a maioria das empresas prefere a centralização quando comparada à necessidade de trabalhar com vários LSP é porque esse processo economiza aproximadamente 15% do total de pagamentos que têm de ser feitos da outra forma. Esse é um sistema bastante eficiente porque utiliza um único LSP como fornecedor de diversos idiomas (também chamado de MLV, do inglês multi-language vendor), de forma que todas as localizações e traduções que a empresa de tradução executar serão feitas em uma única plataforma com diferentes unidades.

O processo de centralização não só economiza o dinheiro da empresa, como também diminui muito o tempo necessário para a conclusão de projetos relacionados. E isso é feito por meio da simplificação do procedimento desenvolvido pelos LSPs e pela unificação do serviço inteiro. Embora trabalhar com um LSP seja complexo, atualmente a utilização de vários LSPs é completamente desnecessária, já que várias empresas de tradução estão adotando a centralização. As vantagens são inúmeras, e essa é a razão por trás do sucesso desse modelo.

A tradução nas comunicações de negócios

A tradução nas comunicações de negóciosNo ambiente de negócios global de hoje, as empresas podem operar em múltiplos países e áreas geográficas/linguísticas, ou somente em uma cidade ou região linguística, ao mesmo tempo em que fornecem serviços a clientes de outras regiões. Em consequência, existem mercados para diversos tipos de tradução, como a tradução técnica, financeira e jurídica. O mercado dessa atividade vem crescendo rapidamente à medida que emergem novas necessidades de tradução.

Como a tradução se desenvolveu?

A tradução é em termos gerais o processo de converter palavras escritas ou faladas de um idioma para o outro. A globalização propiciou a muitas empresas expandir seus negócios para outros países, criando a oportunidade de lucrarem a partir da demanda por seus produtos e serviços.

Seja qual for o caso, os negócios deparam-se com a barreira do desconhecimento do idioma estrangeiro ao decidirem operar fora de seu próprio país ou região. Para lidar com isso, muitas empresas necessariamente contratam tradutores para traduzir suas comunicações, sejam essas com governos, outras empresas ou clientes, sejam elas traduções literais, técnicas, comerciais ou de qualquer outro tipo. Graças a isso, a indústria da tradução cresce rapidamente.

Traduções de negócios através das culturas

Traduzir uma comunicação entre diferentes idiomas raramente é fácil. Traduzir não se resume à simples tarefa de consultar um dicionário ou usar a internet. Mesmo que determinado idioma possa ser traduzido sem dificuldades, poderá haver diversas diferenças culturais das quais o tradutor precisa estar ciente para traduzir com eficiência, ou poderá existir o risco de a mensagem se perder na tradução, geralmente de forma cômica.

Para exemplificar, uma mensagem com o intuito de designar “2º Salão de Empresas de Serviço Social” (2ième Salon des Entreprises d’Économie Sociale) foi traduzida do francês para o alemão como “Duas salas de estar de empresas de economia empresarial” (Zwei Wohnzimmer von Unternehmen von Gesellschaftlicher Wirtschaft). Exemplos de traduções malsucedidas para o inglês incluem um aviso em uma lavanderia na Ásia, em que se lia: “Drop your trousers here for best results” (“Baixe suas calças aqui para melhores resultados”).

O papel desempenhado pelo tradutor

Nos negócios, o tradutor atua como elo entre determinado negócio e seu público-alvo. A precisão da tradução executada por esse tradutor pode provocar em grande medida impacto no resultado esperado da comunicação, e, portanto, é importante que o tradutor seja muito fluente na linguagem literal, bem como nas nuances únicas dos complementos da fala, como em gírias e dialetos. Traduções erradas, independente da área, podem ter consequências não intencionais que variam desde o constrangimento em uma negociação, até perdas em grande escala.

O objetivo da tradução

O objetivo da tradução de negócios é reproduzir com a maior fidelidade possível a intenção da comunicação de negócios no idioma para o qual se está traduzindo. Geralmente, poderá ser necessário lidar com a falta de equivalentes exclusivos entre os elementos de uma mensagem da língua de partida e os elementos da mensagem na língua de chegada. Essa mensagem será avaliada pelo tradutor, que usará sua criatividade para reproduzir uma mensagem na língua de chegada que tenha o mesmo efeito na língua de partida.

Mantendo a qualidade e evitando erros

Evitar constrangimentos tradutórios em traduções técnicas é a chave para que um negócio sobreviva em mercados estrangeiros e para evitar consequências desastrosas que surjam de leis mal interpretadas ou instruções mal traduzidas para o uso de um produto. Após ter as mensagens traduzidas por tradutores, algumas empresas contratam outros tradutores para um processo de “retradução” para o idioma original das mensagens traduzidas, a fim de verificar a precisão da tradução. No entanto, esse processo nem sempre funciona, especialmente no caso de mensagens que lançam mão de trocadilhos, chavões, frases de efeitos e expressões idiomáticas exclusivas de certa cultura.

A necessidade por traduções é inevitável no mundo atual, onde é cada vez mais comum países e negócios olharem além de suas fronteiras, a fim de expandir seu potencial econômico e aumentar seus lucros. Em um mundo assim configurado, os tradutores, independente de operarem com traduções médicas, técnicas ou relativas à informática, podem ser considerados embaixadores que facilitam a troca entre as culturas e aproximam mundos diferentes a cada linha traduzida.

Boas práticas para a tradução

Boas práticas para a traduçãoQualquer negócio voltado a um público global precisa ser multilíngue. Sabe-se que uma grande porcentagem da população global fala inglês, mas por essa não ser sua primeira língua, algumas pessoas têm dificuldades relacionadas à comunicação escrita nesse idioma. Ao tornar a comunicação multilíngue, você acaba construindo reputação e abrindo seus negócios a novos públicos. Para isso, você pode lançar mão do auxílio de funcionários bilíngues ou contratar os serviços de uma empresa de tradução.

Motivos para contratar serviços profissionais de tradução

Lançar mão de funcionários bilíngues para traduzir as comunicações é barato, mas não o melhor caminho. Um funcionário bilíngue talvez tenha habilidades verbais excelentes, mas raramente sua habilidade escrita é satisfatória. Os produtos resultantes dessa mão de obra poderão levar a imprecisões na comunicação, que, por sua vez, podem ser prejudiciais, especialmente em relação a documentos jurídicos.

Contratar uma empresa de tradução tem diversos benefícios. O primeiro é que uma empresa de tradução tem tradutores para múltiplos idiomas e, assim, você terá todos os seus trabalhos feitos por uma só fonte. O segundo é que as empresas devem estar cientes da sensibilidade cultural em termos de idioma, e estão capacitadas a impedir erros e confusões. O terceiro é que seus funcionários permanecerão focados nas tarefas para as quais você realmente os contratou.

Boas práticas essenciais a serem seguidas para a tradução

Independente de suas tarefas de tradução serem realizadas por funcionários bilíngues ou empresas de tradução, há algumas práticas que você deve seguir:

1. Não escolha um funcionário ou empresa de tradução a esmo. Examine com cuidado a forma como trabalham, suas políticas e qualidade de trabalhos anteriores antes de fazer a sua escolha.
2. Não escolha idiomas aleatórios. Acrescente idiomas que beneficiarão o seu negócio.
3. Padronize documentos vitais a fim de garantir consistência entre canais múltiplos.
4. Indique um coordenador, defina um orçamento e planeje os processos de tradução. Um coordenador garante que haja um responsável por alcançar as suas metas e também que você não exceda o orçamento. Ter uma documentação reduz a redundância e garante um processo mais tranquilo em caso de acréscimos futuros.

A importância de redigir e produzir documentos corretamente

O propósito de um documento é comunicar um conceito ou conhecimento ao cliente final, com o intuito de invocar uma ação ou um processo de reflexão. Usar uma linguagem que apenas um superespecialista entenderia só causará transtornos. Siga o princípio KISS (sigla em inglês para “keep short and simple”), isto é, seja o mais simples e breve possível ao redigir e produzir documentos. Garantir que as informações sejam fáceis de ler e compreender reduz a necessidade de contato adicional com o cliente. Como consequência, até a tradução desses documentos será facilitada. No caso de documentos que exijam certo vocabulário jurídico, mantenha a linguagem simples e concisa.

Aumentando a qualidade e consistência geral dos documentos

Transformar uma operação de um único idioma em uma operação com vários idiomas não modifica as metas e valores do seu negócio. Todo documento precisa passar a mesma essência em seu tom, independente do idioma em que se encontre. A melhor maneira de garantir consistência é criar guias de estilo e glossários. Um guia de estilo permite que os tradutores conheçam suas preferências linguísticas e estilísticas. Um glossário contém termos importantes com suas traduções preferidas. Esses guias e glossários não afetam custos e nem estendem os cronogramas. Eles apenas são uma forma de garantir que as empresas de tradução usem alterações linguísticas mais adequadas ao seu negócio. Uma comunicação multilíngue ajudará a aumentar a qualidade e consistência gerais de seus documentos.

Você também pode atuar no processo de tradução

Após ter contratado uma empresa de tradução, decidido sobre os processos e criado guias de estilo e glossários, você pode recuar e esperar pelos resultados. Ou você pode ser proativo. Aproveite ao máximo as empresas de tradução tornando-se parte ativa do processo, o que não significa ficar suspenso até que o trabalho fique pronto. Esteja disponível para responder a quaisquer dúvidas que a empresa de tradução possa ter. Entre em organizações para estar consciente de quaisquer mudanças nas leis, de forma que alterações possam ser implementadas em todos os idiomas simultaneamente. Esses processos lhe ajudarão a alcançar novos mercados, portanto, tire o máximo proveito deles.

A globalização crescente tornou as comunicações multilíngues necessárias para quaisquer negócios que busquem captar novos públicos e mercados. A melhor forma de a comunicação de um único idioma mudar para comunicação multilíngue é com a ajuda de uma boa empresa de tradução. Escolha-a cuidadosamente e garanta que as boas práticas de tradução sejam seguidas.

O uso da garantia de qualidade linguística (LQA) para traduções bem-sucedidas

O uso da garantia de qualidade linguística (LQA) para traduções bem-sucedidasA garantia de qualidade linguística, ou LQA (Linguistic Quality Assurance), é uma etapa fundamental em tarefas de tradução de qualquer idioma, seja na tradução de um documento, seja na tradução de um site. Existem diversas maneiras de se medir a qualidade de uma tradução; precisamos, contudo, saber quais delas podem gerar a insatisfação dos clientes em projetos de tradução.

Um trabalho de tradução com erros linguísticos pode ter um impacto negativo sobre a confiança que o cliente deposita na integridade do projeto e no profissionalismo do fornecedor de serviços. Mesmo que o erro de tradução seja pequeno ou insignificante, há grandes chances de o público-alvo considerá-lo um erro crasso. O fato ocasionará críticas pelo cliente, que ficará insatisfeito com o trabalho. Se esses erros se repetirem, o cliente poderá cancelar o contrato, já que ele vêm recebendo, com frequência, um serviço abaixo do nível de expectativa.

Finalidade da LQA

A LQA tem por finalidade detectar erros no documento traduzido e corrigi-los. Ela também auxilia a revisão de um trabalho de tradução já pronto. Assim, o emprego adequado do estilo linguístico no documento estará garantido, ou seja, precisão cultural, terminologia e expressões idiomáticas adequadas. A revisão é importante para garantir que o documento traduzido final seja uma expressão perfeita na região ou na localidade-alvo. O documento traduzido deve soar natural ao público dessas regiões, da mesma forma como ele soa para o público do documento original.

Durante outra etapa do processo de garantia de qualidade linguística, é verificado se o conteúdo traduzido está em conformidade com os padrões do setor. Esses padrões variam de segmento para segmento e dependem de para qual segmento a tradução é destinada, por exemplo, se ela é para o setor de alimentos e bebidas, hotelaria, turismo, tecnologia ou saúde. A verificação da conformidade é realizada para assegurar que as variedades linguisticas e a terminologia relativas ao segmento sejam usadas consistentemente em todo o documento traduzido. O linguista envolvido no processo de LQA também é responsável por garantir que o conteúdo traduzido não soe estranho.

Membros da equipe de LQA

Membros importantes da equipe linguística são o editor linguístico e o leitor de provas (proofreader), linguistas que trabalham na edição de correções e no procedimento de garantia de qualidade. Nenhum membro da equipe que trabalhou na tradução do site ou do documento original deverá fazer parte da etapa de revisão ou de leitura de prova. Isso porque é difícil, para o próprio tradutor do projeto, revisar ou editar o documento para publicação. Geralmente, o tradutor não detecta com precisão os erros em um documento no qual ele próprio trabalhou. É necessário um novo olhar para que os possíveis erros sejam detectados e corrigidos. Esses novos olhos também serão úteis para a garantia de que o produto final traduzido, que será entregue ao cliente, esteja com a mais alta qualidade.

Conduzindo uma LQA bem-sucedida

Existem alguns pontos essenciais a serem levados em consideração que ajudarão no sucesso do procedimento de garantia de qualidade linguística de um documento traduzido. A realização desses procedimentos assegura ao cliente que o trabalho de tradução realizado esteja consistente e adequado ao contexto, além de garantir que as exigências estilísticas e a terminologia empregada sejam corretas e apropriadas. Todos os seus clientes ficarão satisfeitos com documentos impecavelmente traduzidos e em conformidade com as exigências dele. A empresa fornecedora de serviços de tradução será altamente valorizada nos círculos profissionais e não receberá mais nenhuma reclamação de clientes. Ela será elogiada pelo profissionalismo e pelo serviço de alta qualidade fornecido, o que também promoverá a empresa de tradução, a qual obterá mais indicações de seus atuais clientes.

A importância de traduções certificadas

A importância de traduções certificadasTraduções certificadas referem-se a traduções de documentos de um idioma para outro, realizadas por tradutores profissionais, junto com as garantias de que:

– O profissional domine igualmente bem ambos os idiomas e tenha a capacidade de traduzir o conteúdo.
– A tradução seja precisa e completa.

Esse processo de tradução certificada cria registros de vinculação jurídica que são aceitos pelas instituições acadêmicas, tribunais e oficiais governamentais dos Estados Unidos. Com efeito, imigrantes que estejam indo para este ou qualquer outro país, têm de geralmente lidar com uma rede bastante complexa de oficiais da imigração, alfândega, departamentos de estado e outros procedimentos jurídicos. Em cada etapa desse processo, a precisão dos seus documentos é avaliada por quase todas as organizações com as quais você esteja trabalhando. Você não poderá se dar o luxo de quaisquer contratempos durante essa fase, já que isso poderá resultar em esperas incomuns, que poderão se estender em até dois anos, em alguns casos. Ter um fornecedor de serviços de tradução que seja certificado pode garantir que você evite transtornos ou dificuldades durante o processo.

Organizações que exigem traduções certificadas

As seguintes organizações nos Estados Unidos exigem traduções certificadas de documentos:

Imigração: A imigração nos Estados Unidos exige traduções certificadas de diversos documentos importantes, como certidões de casamento, certidões de nascimento e certidões de divórcio. Isso é necessário para fins de alfândega, imigração e visto.
Outras agências do governo: Outras agências como os Departamentos estaduais de licenciamento (State Licensing Departments), as autoridades de passaportes, escrivães (county clerks) e o Departamento de veículos motorizados (Motor Vehicles Department) poderão solicitar traduções certificadas.
Instituições acadêmicas: Durante o processo de admissão em uma instituição será necessário apresentar as traduções certificadas de históricos escolares ou diplomas que você tenha recebido.
Advogados: Poderá ser solicitado que você apresente a tradução juramentada ou tradução certificada de alguns documentos que deverão ser usados por agências do governo e tribunais dos Estados Unidos. Traduções certificadas são necessárias para se determinar a precisão das traduções.
Corporações e negócios: A tradução certificada de documentos ajuda na validação de relatórios financeiros, acordos comerciais e outros documentos jurídicos da organização, a fim de auxiliar as partes interessadas.

A necessidade de traduções certificadas

As diferentes organizações mencionadas na seção acima necessitam de traduções certificadas por diversas razões. Algumas das principais são:

Validade: Ter os seus documentos traduzidos por um terceiro ajuda a garantir que tais documentos não tenham sido forjados nem adulterados. Indivíduos que tentam entrar nos Estados Unidos usam excessivamente documentos ilegais, e os serviços de imigração devem constantemente estar atentos a esses documentos. Os fornecedores de serviço de tradução ajudam a trazer segurança aos agentes oficiais, já que eles também inadvertidamente se apoiam na reputação da empresa que está traduzindo.
Eficiência: Um documento traduzido para o idioma nativo do revisor ajuda a reduzir o prazo administrativo, garante um processamento mais rápido e deixa o revisor à vontade.

Traduzir os documentos por conta própria

Sempre é possível tentar traduzir por si próprio todos os documentos para outro idioma. Fazer isso, no entanto, não é aconselhável, devido aos motivos explicados abaixo:

Validade: Com frequência as organizações governamentais e agentes oficiais terão muito menos garantias se você traduzir os documentos por conta própria, sem o respaldo de um fornecedor profissional de serviços. A complexidade e a importância de todo o processo de imigração em si devem ser motivos suficientes para se desejar uma maior validade jurídica dos documentos traduzidos.
Precisão: Um leve erro de tradução pode, potencialmente, custar a cidadania de um país. Quando um tradutor não é proficiente em ambos os idiomas, há um risco muito alto de que cometa erros na tradução.
Tempo: O aumento do risco de rejeição dos documentos traduzidos por conta própria pode causar desperdício de tempo e atraso em processos complexos.

Contratar um empresa profissional garantirá que você não sofra rejeição, pois lhe fornecerá a tradução de documentos legítima e certificada. Talvez traduções certificadas não lhe pareçam uma necessidade, mas com certeza lhe ajudarão, a longo prazo, a superar diferentes incômodos em complicados processos jurídicos e não jurídicos.

Tradução jurídica: características e desafios

Tradução jurídica: características e desafiosQuando se lida com um processo judicial que envolve pessoas e incidentes de diferentes países, as autoridades de ambos os países (ou, em alguns casos, mais de duas nações) devem colaborar entre si a fim de resolver a questão. Em alguns países, são usados idiomas diferentes do português como o idioma do Tribunal de Justiça em tal litígio, e, nesses casos, os tradutores exercem função vital no processo judicial.
Como sabemos, um tribunal lida exclusivamente com provas documentadas. Isso significa que os tradutores juramentados deverão traduzir cada documento produzido para o tribunal e garantir que ele seja compreensível para todas as partes envolvidas no processo judiciário.

A necessidade da certificação de tradutores de textos jurídicos

Já falamos em postagens anteriores sobre a importância de os tradutores que trabalham com documentos técnicos estarem familiarizados com as nuances da tecnologia. Da mesma forma, com a tradução jurídica ocorre processo semelhante, com a diferença de que os tradutores deverão estar familiarizados com termos jurídicos, estatutos, direitos constitucionais, regras governamentais, etc. Como podemos notar, o trabalho exige pessoas altamente capacitadas nesses aspectos. Além disso, as empresas de tradução não podem arcar com os custos de contratar profissionais que fornecem serviços precários.

É importante destacar a diferença entre tradutor jurídico e tradutor juramentado. No Brasil, para uma tradução jurídica ter valor de documento, ela precisa ser assinada e carimbada por um tradutor certificado, o denominado “tradutor público e intérprete comercial” (popularmente, tradutor juramentado). Esse profissional precisa passar em um concurso público específico, e esses concursos não ocorrem com muita frequência. Sendo assim, um tradutor jurídico não precisa necessariamente ser juramentado, mas o tradutor juramentado traduz não só textos jurídicos como também documentos corporativos e bancários, contratos etc. Nos Estados Unidos, por sua vez, não existe “tradutor juramentado” e um tradutor não precisa ser certificado para preparar uma tradução juramentada.

Os documentos jurídicos são uma questão de importância nacional em casos envolvendo pessoas ou instituições de diversos países. Caso os documentos provoquem quaisquer mal-entendidos, eles serão considerados uma obstrução da justiça pelo tribunal e as partes relevantes poderão ser penalizadas ou mesmo ir para a prisão. Esse é o motivo pelo qual os tradutores jurídicos devem ser certificados, a fim de garantir a realização de serviços de qualidade.

Intervenção jurídica é indispensável em todas as etapas

Para garantir que os documentos que estão sendo traduzidos são precisos, são contratados especialistas jurídicos, para os quais outro tradutor explica o significado dos documentos traduzidos. Os especialistas escutam esse parecer e dão sua opinião sobre a precisão dos documentos. Esse procedimento é feito a fim de garantir que os documentos não causem quaisquer problemas ao serem oficialmente usados no tribunal.

Desafios enfrentados na tradução jurídica

Enquanto o conhecimento do idioma de chegada é o primeiro critério para qualquer tradução jurídica, ele é somente um dos critérios básicos de elegibilidade. Os tradutores de textos jurídicos devem ter um conhecimento tão profundo quanto os advogados. Há exemplos de pessoas com graduação dupla em Letras/Tradução e Direito que seguiram a carreira de tradutor, e posteriormente passaram em concurso público, tornando-se tradutor juramentado.

Além disso, o tradutor de textos jurídicos deve ter conhecimento de todos os termos jurídicos normalmente usados no idioma em que se especializa. Isso não é algo que pode ser aprendido em um curto período de tempo. Os advogados estão conscientes desses termos em seus respectivos países, visto que é requisito a graduação em direito em seu idioma nativo. Assim, os tradutores de textos jurídicos devem ser especialistas tanto em línguas como em direito.

Há casos em que os tradutores foram chamados a comparecer e testemunhar perante o tribunal sobre a legalidade e autenticidade dos documentos. Às vezes, o tribunal precisa dos serviços de um intérprete especialista se as leis de países diversos tiverem de ser consideradas antes de se entregar um veredito. Visto que o tradutor será considerado um especialista, deve estar pronto para testemunhar e responder por sua declaração, algo que algumas pessoas não estariam dispostas a fazer.

Tradução jurídica: um trabalho altamente especializado

O mais importante é que o tradutor não pode se tornar um tradutor de textos jurídicos se não tiver um conjunto de habilidades muito específicas. É por isso que há uma escassez de profissionais, tornando difícil encontrar tradutores jurídicos de alta qualidade. Se você achar um bom tradutor jurídico para o que você precisa, considere o dinheiro como algo secundário, pois qualidade é o que você precisa priorizar nesses casos.

Desafios envolvidos na tradução de termos técnicos

Desafios envolvidos na tradução de termos técnicosQuando se pensa em tradução, a ideia imediata que vem à cabeça é a substituição de cada palavra por uma palavra adequada no idioma para o qual se está traduzindo o conteúdo. Essa, porém, é uma concepção errônea, fruto da percepção de um leigo sobre o que é a atividade de tradução. A tradução na verdade envolve a compreensão do conteúdo do texto no idioma de partida para que seja reproduzido um conteúdo equivalente no idioma de chegada, sem alterar o significado ou contexto de forma alguma.

Quando se trata da tradução de termos técnicos, existem muito mais desafios em jogo. Este artigo apontará alguns dos principais desafios associados à tradução de termos técnicos.

A importância da precisão

Traduzir pode parecer uma atividade trivial e monótona à primeira vista. Mas não nos deixemos enganar pelas aparências. Traduzir na realidade é uma atividade extremamente técnica que pode trazer consequências que estão além do que conseguimos imaginar. Uma tradução precisa é de suprema importância para o significado do texto final, e a precisão deve ser sempre excelente, sem exceções. Se a tradução não for precisa, o texto no idioma de chegada poderá ficar sem sentido, e a imagem da empresa poderá ficar seriamente abalada. As implicações dos erros nas traduções são potencialmente fatais para as perspectivas da empresa e poderão levar a responsabilidades judiciais que podem destruir a empresa.

Alto nível de experiência no uso do idioma

Se você presume que uma pessoa que é fluente no idioma de chegada está apta para julgar da melhor forma a precisão e qualidade de um documento técnico traduzido, você está enganado. As traduções técnicas exigem especialistas que não sejam apenas fluentes no idioma de partida, mas que também estejam familiarizados com os aspectos técnicos em questão no documento a ser traduzido. Da mesma forma, o tradutor deve ter experiência na área do documento e em como usar esses termos técnicos no idioma de chegada.

Consequência da tradução imprecisa de um manual

O nível de complexidade envolvido em tradução é tão ímpar que a União Europeia o reconheceu em sua própria legislação. A UE declara que, na maioria das vezes, os manuais de operação não são claros por dois motivos: as dificuldades do idioma e imprecisões na versão traduzida do manual. Como resultado, há uma lei proposta pela União Europeia declarando que um produto técnico será definido como incompleto se não vier acompanhado de um manual preciso e completamente funcional. A interpretação dessa lei claramente sugere que um produto técnico que possua um manual técnico impreciso pode ser classificado como um produto defeituoso.

Vocabulário especializado para traduções técnicas

Quando se trata da tradução de documentos técnicos, é preciso ter conhecimento do vocabulário específico que cada idioma usa para termos técnicos. Esses termos não são comumente conhecidos e você poderá se surpreender em saber que pessoas que falam o mesmo idioma desde sua infância não os conhecerão. Da mesma forma, o significado e variações desses termos devem ser claramente entendidos. Há uma alta probabilidade de esses termos serem usados de forma incorreta na tradução de documentos técnicos, o que resultará em manuais localizados erroneamente, tornando os produtos ineficazes.

Trabalhando em equipe

Para garantir que a tradução seja precisa nos mínimos detalhes, os tradutores e especialistas técnicos trabalham em equipe. Eles constantemente comparam anotações e revisam os trabalhos e interpretações uns dos outros para garantir que o documento traduzido fique 100% preciso. Essa é uma tarefa difícil e demorada. Outro desafio que as empresas encaram é que é difícil encontrar tradutores especializados com o conhecimento do setor específico e experiência nas áreas relevantes. A qualidade é um fator que não pode ser comprometido pelas empresas, conforme enfatizado em alguns dos pontos acima.

Os aspectos citados anteriormente são apenas alguns dos desafios envolvidos na tradução de termos técnicos e documentos técnicos. Trata-se de um dos campos claramente especializados que envolve somente um grupo distinto de profissionais.

Integrando a tradução no processo de desenvolvimento de documentos de negócios

Integrando a tradução no processo de desenvolvimento de documentos de negóciosNegócios com operações em mais de um país precisam garantir que os documentos importantes usados pela empresa para comunicação sejam compreensíveis entre todos os funcionários e clientes. Se as sedes da empresa situam-se em países onde os idiomas locais sejam diferentes (por exemplo, no Brasil e na Argentina, onde os idiomas são, respectivamente, o português e o espanhol), os documentos de negócios precisam ser traduzidos para os idiomas locais, a fim de garantir uma comunicação efetiva. O que ocorre na maior parte das vezes é que as empresas elaboram uma minuta dos documentos de negócios em português e só se preocupam com a tradução mais tarde.

No entanto, existem duas maneiras pelas quais é possível cuidar do processo de tradução de documentos de negócios para idiomas locais. Os documentos podem ser elaborados em português e enviados à empresa de tradução ou o processo de tradução pode ocorrer de forma integrada ao processo de desenvolvimento dos documentos de negócios.

Por que a tradução deve fazer parte do processo de desenvolvimento do documento

Os documentos devem ser desenvolvidos de modo a poderem ser oficialmente distribuídos a todas as filiais. Eles não devem conter nenhum erro e precisam comunicar a mesma mensagem, independente do idioma em que estão escritos. Quando se traduz documentos de negócios mais tarde, poderá haver o risco de se alterar o significado da mensagem que o documento transmite. Além disso, o fator mais relevante a ser considerado é o tempo. A tradução levará certa quantidade de tempo, valioso tempo do qual você talvez não disponha. Com todos esses aspectos em mente, podemos concluir que é uma boa opção incluir a tradução de documentos como parte integrante do seu processo de desenvolvimento.

Como incluir os serviços de tradução no processo de desenvolvimentos de documentos de negócios

A fim de encontrar a solução para esse problema, você deve de fato analisar o processo empregado por sua organização para desenvolver documentos de negócios. Via de regra, a maioria das empresas desenvolve os documentos durante o curso da reunião de negócios e os finaliza depois que a reunião termina, ou entrega as informações à equipe de documentação depois de terminar a reunião de negócios para que os documentos sejam elaborados.

Se você escolher o primeiro método, é sempre melhor ter participado da reunião alguém fluente em português e na língua do país no qual a filial da sua empresa está localizada. Se você usar o segundo método de documentação, possibilite que a equipe de tradução e a equipe da documentação original trabalhem paralelamente para garantir que os documentos em português e em outros idiomas de tradução estejam prontos ao mesmo tempo. Seja qual for a maneira que você escolher, você poupa um valioso tempo ao integrar os serviços de tradução ao processo de desenvolvimento de seus documentos.

Algumas dicas para facilitar a tradução

É importante trabalhar de modo que a equipe de tradução também considere o trabalho mais fácil. Afinal de contas, o que mais importa em uma empresa é o trabalho em equipe e o apoio mútuo. Seguindo algumas dicas que oferecemos abaixo para desenvolver seus documentos de negócios, você facilitará o trabalho da equipe de tradução.

Fique longe de referências culturais

Negócios e cultura talvez não tenham muito em comum, mas poderá haver certas situações onde referências culturais são usadas. Elas poderão não ser relevantes em outras culturas e não fazer sentido quando transportadas para outro idioma. Para evitar essa confusão, é melhor evitar completamente as referências culturais.

Fique longe de expressões idiomáticas

Expressões idiomáticas em português são bastante difíceis em outros idiomas. Assim, sempre é melhor que você evite o uso de expressões idiomáticas em documentos de negócios. Use um tom simples com palavras diretas ao invés de expressões idiomáticas carregadas de referências.

Mantenha consistência no estilo

Nunca mude o estilo de documento entre um e outro parágrafo, do contrário os tradutores encontrarão dificuldades para alcançar consistência no documento traduzido. Uma dica simples para evitar inconsistência de estilo é uma só pessoa elaboram todo o documento, enquanto outra a alimenta de ideias.

Principais idiomas para a tradução de publicações técnicas

Manual técnicoSabe-se bem que o português brasileiro não é um idioma muito falado no mundo e, embora ganhe cada vez mais visibilidade devido ao crescimento econômico do Brasil, são relativamente poucas pessoas que conseguem entendê-lo ao redor do mundo. Em vez de ler um manual técnico de um produto em um idioma estrangeiro, como português ou inglês, um falante de espanhol, por exemplo, preferirá ler o manual em espanhol, assim como um falante de alemão certamente preferirá ler o manual em alemão. Ao lerem as especificações técnicas ou instruções de um produto, na maioria das vezes, as pessoas dão preferência à própria língua materna em relação a um idioma estrangeiro.

Tendo isso em vista, ao decidir pela venda um produto para fora do Brasil, será preciso considerar quais lugares você deseja alcançar e, então, traduzir as publicações técnicas e os manuais do usuário para o idioma do local onde esse produto será vendido. Se o seu produto for oferecido em escala global, é necessário, então, saber para quais idiomas as publicações precisam ser traduzidas, dependendo dos seus países de escolha.

Mirando o público-alvo

É claro que o manual do seu produto não precisa estar traduzido para uma grande quantidade de idiomas para alcançar os seus principais mercados. Antes de decidir para quais idiomas traduzir, é preciso considerar quais mercados você visa abranger com o seu produto. Digamos que você queira vender o produto na Argentina, nesse caso, será necessário que o manual tenha uma versão para o espanhol, especificamente, o espanhol da Argentina. Mas se o seu objetivo é tornar o manual disponível em escala global, apresentamos, abaixo, alguns dos principais idiomas a serem escolhidos.

Chinês

A China emergiu de uma economia em desenvolvimento e tornou-se uma das potências econômicas do mundo moderno. Ainda assim, a maioria da população chinesa não está familiarizada com a língua inglesa. Isso porque o governo chinês promoveu a educação no idioma nacional, e não no inglês.
Ao traduzir as publicações técnicas para o chinês, será alcançado o maior grupo populacional do mundo e as oportunidades econômicas serão de aproximadamente 6,1% em uma escala global.

Japonês

O Japão sempre foi conhecido por seu desenvolvimento tecnológico, apesar de o país ser frequentemente afetado por desastres naturais. Traduzindo seus manuais técnicos para o japonês, é possível alcançar cerca de 4,5% da população que tem acesso à Internet. Mas as oportunidades técnicas e as oportunidades comerciais que você poderá gerar traduzindo os seus manuais técnicos para o japonês são de 10,5%, devido à força econômica do Japão.

Alemão

Somente 1,4% da população mundial fala alemão, mas as oportunidades econômicas que se pode gerar usando a Internet com a tradução de seus manuais técnicos para o alemão são significativos 8,4%. Além disso, os alemães têm a reputação de serem bons entendedores de tecnologia e têm baixo nível de tolerância a erros técnicos. Assim, certifique-se de garantir padrões muito altos na versão para o alemão do seu manual técnico.

Francês

A porcentagem da população global que fala exclusivamente francês é de apenas 1,5%. Porém, se você traduzir suas publicações técnicas para o francês, as oportunidades econômicas expandem-se para 6,2%.

Português brasileiro

O português brasileiro é falado por quase todos os 190 milhões de habitantes do Brasil, o que representa 2,7% da população mundial. Assim, traduzir seus manuais técnicos para o português brasileiro pode ser bastante rentável, uma vez que a demanda por traduções das características e instruções de produtos tem aumentado desde 1990. Isso porque, embora o inglês seja estudado com bastante frequência nas escolas e em cursos privados no Brasil, apenas parte da população é bem versada nesse idioma. Por isso, a necessidade de tradução de publicações técnicas para o português brasileiro no segmento industrial vem aumentando, ou seja, traduzir seus manuais técnicos para português brasileiro significa alcançar um grande número de pessoas e um mercado rico e em rápido crescimento.

Espanhol

Cerca de 7% da população mundial fala espanhol, sendo o terceiro idioma mais procurado em termos de manuais técnicos. Portanto, as oportunidades econômicas que você pode gerar disponibilizando o seu manual técnico em espanhol são de respeitáveis 7,8%. Contudo, existem algumas variações da língua espanhola que devem ser consideradas ao se traduzir um manual técnico para o idioma. Recomenda-se que você converse sobre essas variações com a sua empresa de tradução antes de realmente prosseguir com o trabalho.

Sempre traduza!

Pode-se analisar esse cenário de formas diferentes, mas a porcentagem do público-alvo que sabe inglês decresce rapidamente dia após dia, devido à forma como o mercado cresce. Assim, é sempre uma ótima ideia traduzir o seu manual técnico para uma quantidade maior de idiomas, especialmente se você planeja vender o seu produto em escala global. A Terralíngua tem tradutores especializados para diferentes áreas de conhecimento a fim de atender às necessidades da tradução de seu manual técnico para diversos idiomas.

Dicas para romper as barreiras linguísticas

Rompendo barreiras linguísticasA disponibilidade de sites em múltiplos idiomas é uma tendência popular entre a maioria dos donos de websites, especialmente se sua audiência alvo estiver espalhada globalmente. Porém, a tradução de idiomas não é tarefa tão simples, e é fácil de se reconhecer um trabalho de tradução de má qualidade. Uma tradução mal feita pode até incomodar algumas pessoas. A fim de impedir que isso aconteça e para garantir que você ultrapasse as barreiras do idioma, apresentamos a seguir algumas dicas que poderão ser úteis.

Cuidado com os trocadilhos e as expressões coloquiais

Ao traduzirmos uma frase palavra por palavra, corremos o risco de não sermos muito eficazes em comunicar o que pretendíamos. As traduções automáticas aplicam a tradução palavra por palavra e não são efetivas em mais de 60% das frases. É nesse ponto em que um tradutor profissional será necessário. O tradutor lerá a frase e o parágrafo por inteiro, e os traduzirá de modo a preservar o real significado. Dessa forma, o tradutor garantirá que a mensagem que você deseja passar seja exibida com muito pouco espaço para interpretações errôneas. Esse problema geralmente aparece no uso de metáforas, trocadilhos e expressões próprias do idioma falado (coloquialismos).

Fatores de contração e expansão

Você poderá perceber que o número de palavras usadas em uma frase específica em um idioma não permanece o mesmo quando se traduz para outro idioma. Devido a variações na estrutura da frase e no emprego de palavras, geralmente haverá um acréscimo ou decréscimo na contagem final de palavras, dependendo do par de idiomas com que se trabalha. Por exemplo, em uma tradução típica do inglês para o português, a contagem de palavras expandirá em torno de 20 a 30%, mas raramente o número de palavras no texto em português será menor do que o texto original em inglês. Ao projetar uma webpage ou um tema, você escolherá o estilo em que caiba um número fixo de palavras. Se houver mais palavras, você não poderá acomodá-las. Um número menor de palavras implica em espaço vazios na página do site, fazendo com que a apresentação do site não fique bonita. Desta forma, leve sempre em conta esse fator ao mandar traduzir o seu site.

Limitações culturais e jurídicas

Leve também em consideração as delimitações culturais e as limitações jurídicas da região que você tem como alvo. Esses fatores são importantes porque você não deve postar conteúdo que ferirá os sentimentos das pessoas locais. Da mesma forma, se você postar algo que for contra a lei, mesmo que tenha feito isso não intencionalmente, você estará metido em problemas. Sem contar que a reputação da sua empresa ficará prejudicada. Assim, tente ser o mais neutro possível e ater-se aos fatos, sem julgamentos de opinião.

Muita cautela com os tradutores automáticos

Traduções automáticas funcionam somente com as frases mais básicas. Se você insere uma frase longa e complicada, a máquina traduzirá cada palavra ao pé da letra. Essa tradução literal poderá resultar em algo com o significado, como um todo, diferente do texto original. Assim, tente evitar as traduções automáticas o máximo possível. Mesmo que você prossiga com traduções automáticas, tenha o resultado final revisado por alguém que conheça o idioma para o qual se está traduzindo. Por exemplo, ao passar um texto em português para o inglês em um tradutor automático, as frases devem ser reduzidas e simplificadas, pois as frases em inglês são menores e mais objetivas que as frases em português. Isso garantirá que o texto traduzido seja preciso.

Escolhendo cuidadosamente os serviços de tradução

Para evitar todos os problemas mencionados acima, você deve ser muito cauteloso ao escolher os serviços de tradução. Poderá haver uma série deles em oferta, mas somente uma minoria com serviços de qualidade muito alta. Quando se trata de orçamento, procure ser um pouco flexível, posto que tradução é um investimento único do qual não se deseja comprometer a qualidade. Sugerimos que você faça uma pesquisa antes de contratar os serviços de tradução. A tradução de sites é considerada por quase todas as empresas uma tendência para se estabelecer uma melhor comunicação entre uma audiência global. Assim, é possível que você obtenha algumas recomendações realmente boas.